terça-feira, 1 de abril de 2014

Equipe da Polícia Civil chega a Uruará para investigar assalto a banco

Uma equipe de policiais da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), da Polícia Civil, chegou ao município de Uruará, no sudoeste do estado, na manhã desta terça-feira (1º), para iniciar as investigações sobre o assalto a uma agência do Banco do Brasil do município praticado na última segunda-feira (31). Ninguém foi peso até o momento. 

Peritos do Centro de Pesquisas Científicas Renato Chaves recolheram sangue em um dos veículos usados na fuga, em busca de identificar os assaltantes. A partir do resultado, a equipe de policiais civis seguirá as linhas de investigação para localizá-los.Segundo informações da Polícia Civil, três investigadores e um delegado foram destacados para cuidar do caso, e iniciaram as investigações ainda nesta terça. De acordo com a equipe, foram recolhidas imagens do circuito interno do banco, e também de imagens registradas por câmeras de segurança de empresas que ficam ao lado da agência.
Junto com a equipe de policiais da Delegacia deUruará, os agentes da DRCO também começaram a colher depoimento de clientes e funcionários que ficaram reféns durante o assalto.

De acordo com a Polícia Militar, 25 homens estão na mata em busca dos assaltantes. O Comandante regional da PM, Paulo Garcia, informou que um helicóptero ajuda nas buscas, mas o trabalho é considerado difícil devido à extensão da área de busca e à densidade da mata.

Barreiras policiais foram montadas nos acessos aos municípios de Uruará, MedicilândiaPlacas eSantarém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário