quinta-feira, 17 de abril de 2014

Prefeita acusada de perseguir opositores

Vereador Nicodemos Aguiar não poupou críticas à prefeita de Itaituba, Eliene Nunes, pela perseguição aos opositores de seu governo
Vereador Nicodemos Aguiar não poupou críticas à prefeita de Itaituba, Eliene Nunes, pela perseguição aos opositores de seu governo
Durante sessão da Câmara Municipal de Itaituba, onde o plenário virou uma muralha de lamentações com críticas vindas em forma de fogo amigo até mesmo da base aliada, o vereador Nicodemos Aguiar, que é da oposição, rasgou o verbo e disse que a prefeita Eliene Nunes é muito rancorosa, perseguidora, pior do que todos os que já passaram e tinham essa fama,  marca quem crítica ela.

E na sequência foi fazendo indagações. Quando foi feita a licitação? Quantos bancos concorreram? Quantos vai contratar? Quem são eles? Quantos ganham? Quem está pagando as despesas das reformas dos prédios alugados para a Prefeitura? Igual aquelas chamadas do Sérgio Chapelin para o Globo Repórter.  Mas as perguntas continuam sem respostas.
Nicodemos Aguiar desabafou, ainda, que se Eliene Nunes não está nem aí para os vereadores imagine para o povo. Se solidarizando com o vice-prefeito Dico, que nem estaria mais participando do “Governo de todos”, não tendo nenhum a chance de se destacar.  Nicodemos Aguiar disse, ainda, que a Prefeita quando fez as mudanças nas secretarias apenas trocou seis por meia dúzia, tirando um engenheiro e colocando um boleiro.
Cita como prova da  falta de transparência do “Governo de todos” a negociação feita com o Bradesco, onde comprou da instituição financeira o direito à prestação de serviços e os vereadores, inclusive os governistas, ficaram sabendo disso pela imprensa, ignorando solenemente o Poder Legislativo, como se ele nem existisse.
Mas o que deixou seus colegas irritados, foi quando ele, em um franco desabafo, disse que estava se sentindo inútil como Vereador, já que a Prefeita não manda informações e não esclarece suas ações perante à Câmara, sendo inclusive solidário com os vereadores da base da Prefeita, que nessa sessão também reclamaram que não estão sendo devidamente valorizados e nem reconhecidos por Eliene Nunes que dá mais moral para presidente de bairro do que para Vereador.
“Pelo jeito, a Prefeita mesmo não sendo Salomé, depois dessa vez, deve pedir mais cabeças  como no episódio bíblico que vitimou João Batista”, comentam alguns experientes eleitores da própria Prefeita, já que essa prática contumaz vem se tornando rotineira em seu governo.
CÂMARA QUER SABER SOBRE CONTRATO DO BRADESCO: A Câmara de Vereadores de Itaituba aprovou requerimento de autoria dos vereadores Nicodemos Alves de Aguiar (Solidariedade) e João Paulo Meister (PT), solicitando da prefeita Eliene Nunes, cópias do processo licitatória que resultou na contratação do Bradesco para prestar serviço ao município de Itaituba. O requerimento foi aprovado por unanimidade e no seu bojo, os vereadores se mostram preocupados com a notícia publicada por nossa reportagem, quanto ao pagamento de R$ 1.600.000,00 para o Bradesco prestar o serviço, que classificam de péssimo.
A notícia da contratação do Bradesco para prestar serviço ao município de Itaituba, com pagamento das folhas de pagamentos dos servidores, pagamento de fornecedores e demais serviços, foi denunciado por nossa reportagem, que teve acesso à cópia do Diário Oficial que publicou o extrato da contratação do banco. Em 2009, o então prefeito Roselito Soares da Silva, contratou o BRADESCO para prestar este mesmo serviço, porém, o Bradesco deu para o município R$ 3.000.000,00, ao contrário de agora que a prefeita Eliene Nunes está desembolsando R$ 1.600.000,00. Vale ressaltar que o Bradesco é o banco que cobra as maiores taxas dos serviços prestados, segundo contra cheques de servidores municipais. Com informações de Luiz Sadeck.
Por: Nazareno Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário