segunda-feira, 14 de abril de 2014

Secretária de educação e coordenador do SINTEPP cara a cara na delegacia

 O coordenador do SINTEPP Lazaro Guedes e a secretaria de educação do município Ana Paula, foram  a delegacia para colocar em pratos limpos acusações relacionadas à qualidade da merenda escolar. Professores, advogados, lideranças do SINTEPP, conselheiros da merenda e até a secretária de educação foram convocados para a audiência na delegacia que investiga as denuncias referentes a  distribuição de merenda estragada em escolas publicas municipais.
 O caso está nas mãos do delegado Jose Dias Bezerra. A audiência entre as partes foi acompanhada por varias pessoas ligadas ao SINTEPP e também a SEMED. O caso surgiu quando o coordenador do SINTEPP acusou a secretaria de educação de fornecer merenda estragada aos alunos. O fato aconteceu na semana passada na escola Engenheiro Fernando Guilhon, no bairro Bela Vista.
No entanto, a nutricionista da secretaria contestou as afirmações e disse que o laudo da vigilância sanitária municipal não confirmou as denuncias.  
Os membros conselho da merenda escolar também estavam na delegacia a procura de informações. De acordo com a conselheira  Antonia Gurgel o conselho não viu irregularidades, mas vai acompanhar de perto as apurações. A audiência entre o coordenador Lazaro Guedes e a secretaria Ana Paula durou cerca de 20 minutos, tempo suficiente para que o delegado ouvisse os dois lados da questão. Para a secretária houve uma tentativa de denegrir sua imagem e motivações pessoais ou políticas. Já Lazaro saiu da delegacia reafirmando suas denuncias e fortaleceu o discurso contra a secretaria de educação, pedindo inclusive sua renúncia. Lázaro questionou  também a legitimidade do laudo apresentado pelo município que considera a merenda adequada para uso das crianças. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário