terça-feira, 29 de julho de 2014

Vítimas de acidente na BR-230, em Itaituba, seguem em hospital

Permanecem em estado grave as vítimas de um acidente no último domingo (27), na rodovia Transamazônica em Itaituba, no sudoeste do Pará. O motorista de um dos carros envolvidos no acidente e a filha dele, de cinco meses, não resistiram aos ferimentos e morreram.
“Se todos os condutores utilizassem o cinto de segurança e caso estivessem conduzindo a criança no devido local, que é a cadeirinha, talvez essa tragédia teria sido amenizada. Evitada, só mesmo a perícia para dizer", afirmou o comandante Ney Tito, do Corpo de Bombeiros.


Uma foto do pai e da filha juntos foi publicada momentos antes do acidente em uma rede social. Fábio Nascimento Leite, de 27 anos, segura a filha Fátima Sophia, de cinco meses, no colo. Os dois sofreram politraumatismos. Fábio morreu no local do acidente e Sophia a caminho do hospital. Os corpos foram velados na casa da família.
Apenas uma das passageiras do veículo que Fábio conduzia está com quadro estável e em observação no Hospital Municipal de Itaituba. As outras quatro vítimas que estavam no carro permanecem em estado grave e foram transferidas para Santarém.
"Agora é só entregar na mão de Deus para que possam se recuperar o mais rápido possível e voltar a vida normal. A gente nunca quer perder, mas  a gente vai ter que viver sem ele", lamenta Luis Isidoro, primo da vítima.
O motorista do outro carro, de 28 anos, e a esposa dele ainda estão internados no Hospital Municipal de Itaituba. Eles aguardam a chegada de uma UTI aérea que vai transportá-los para Santarém ou Belém, para atendimento médico especializado. A filha do casal, de 5 meses, teve alta e passa bem.
do g1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário