quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Polícia Federal faz grande apreensão de cocaína em ruropolis

Equipe da Polícia Federal apreendeu 280 kg de cocaína
Equipe da Polícia Federal apreendeu 280 kg de cocaína
Uma equipe da Polícia Federal, chefiada pelo delegado Ricardo Rodrigues e mais sete agentes, apreendeu 280 kg de cocaína, que estava armazenada em 258 tabletes, em um fundo falso da carroceria de uma carreta, de placas ATO 0359, durante uma operação na Rodovia BR-163, entre os municípios de Rurópolis e Placas, no Oeste do Pará, no final da tarde de segunda-feira (15).
A carreta foi abordada a cinco quilômetros do centro da cidade de Rurópolis, na Rodovia Transamazônica (BR 230), mais precisamente na “Ladeira do Mosquito”, sentido Rurópolis/Placas.

A PF conseguiu fazer a apreensão após receber uma denúncia anônima de que a droga estava vindo para a região. “Com destino, talvez, para o Nordeste. Checamos todas as denúncias que chegam aqui na Delegacia, montamos uma equipe e, na tarde de domingo, os policiais se dirigiram para a BR-163”, explicou o agente da Polícia Federal, Uilses Tavares.
Ao abordar o motorista, os agentes desconfiaram do nervosismo dele. “Chamou atenção dos policiais porque a carreta estava vazia vindo de Itaituba em direção a Rurópolis e, ao abordar o motorista, ele se mostrou muito nervoso, não soube explicar a origem da carreta. A placa do ‘cavalo’, que é a boleia, é de um Estado, e a carreta em si é de outro Estado”, acrescentou Tavares.

Carreta que transportava a droga em um fundo falso
Carreta que transportava a droga em um fundo falso

Rosivaldo Nascimento, motorista da carreta, foi transferido para o Presídio de Cucurunã
Rosivaldo Nascimento, motorista da carreta, foi transferido para o Presídio de Cucurunã
O motorista da carreta, Rosivaldo  Alves do Nascimento, de 35 anos, cearense, disse que estava trabalhando puxando madeira na cidade de Tailândia, quando recebeu uma proposta para conduzir a carreta, da cidade de Itaituba para o estado do Ceará. Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas.
Segundo a Polícia Federal, caso o material fosse misturado a outras substâncias, poderia chegar a meia tonelada de entorpecente.
O motorista já foi encaminhada para Penitenciária Silvio Hall de Moura, em Santarém.
Fonte: RG 15/O Impacto, G1 e Sem Polêmica

Nenhum comentário:

Postar um comentário