Os três secretários de Estado e o presidente do Instituto de Metrologia do Pará (Inmetro), que foram exonerados nesta sexta-feira (3), deixaram o cargo pois devem ser candidatos nas eleições de outubro deste ano.
Entre os exonerados estão Celso Sabino de Oliveira, do Inmetro; Sidney Jorge Rosa, da Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip); Hildegardo Nunes, que deixa a Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri); e Joaquim Passarinho, que deixa a Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop).


O governo trabalha para leiloar neste ano mais um modelo de usina elétrica que promete causar polêmica. A hidrelétrica de São Luiz do Tapajós (PA), cercada de floresta, vai inaugurar o conceito de usina-plataforma.

Inspirada na exploração de petróleo em alto mar, a ideia é evitar o desenvolvimento das cidades em seu entorno e reduzir o desmatamento.

A previsão é que o estudo e o relatório de impacto ambiental sejam entregues até março para o Ibama, afirma Márcio Zimmermann, secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia e idealizador do conceito. Apenas após a concessão da licença é possível realizar a licitação.
Gabriel Guerreiro morreu aos 74 anos. (Foto: Reprodução/TV Tapajós)Gabriel Guerreiro morreu aos 74 anos.
(Foto: Reprodução/TV Tapajós)
O corpo do deputado estadual Gabriel Guerreiro será velado nesta sexta-feira (3) no prédio da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), emBelém. Ele faleceu na última quinta-feira (2), no Rio de Janeiro, vítima de infarto. Segundo a assessoria do parlamentar, o corpo do deputado deve chegar à capital paraense no início da tarde desta sexta.
O enterro está programado para a manhã deste sábado (4), às 9h, em um cemitério particular na Região Metropolitana de Belém.
Falecimento