suspeito sendo transferido- foto: Clemison Silva
Altair dos santos foi preso pela policia civil por volta das 13 horas desta terça feira. O mandado de prisão foi assinado pelo juiz Sidney Falcão, baseado em evidencias da policia civil. Altair é suspeito de ser possível mandante da morte da ex companheira, a advogada Leda Marta. A policia acredita que ela era o alvo principal e que as criança de 10 anos e a emprega morreram por que estavam na hora e local errado.
 A prisão do advogado Altair foi anunciada em uma entrevista coletiva do delegado regional Jardel Guimarães, sem dar muitos detalhes de provas e evidências que incriminam Altair, o delegado disse que a prisão temporária era fundamental para o inquérito.
 Altair ficou em uma sala reservada da policia civil e não falou com a imprensa. Apesar das evidencias ele continua alegando inocência. Mas o delegado Silvio Birro, que faz parte do serviço de inteligência que apura o caso, disse que a prisão é baseada em provas suficientes colhidas durante a investigação.