A informação de que o avião que desapareceu as proximidades de Jacareacanga teria sido encontrado não procede. A noticia foi baseada num depoimento de um piloto que sobrevoou a área e afirmou ter visto objeto metálico que parecia a fuselagem do avião da empresa Jotan Taxe aéreo. O piloto informou que viu o material próximo de Jacareacanga , perto da comunidade São Martins. Depois de averiguar o local a equipe de resgate identificou que o objeto era na verdade uma placa solar. Portanto, o avião continua desaparecido. As buscas pela aeronave foram encerradas ao cair da noite e serão retomadas na manha de quarta-feira. Uma equipe de resgate da força aérea está em Jacareacanga para realizar as buscas e as investigações das causas do acidente. Outros aviões particulares auxiliam no trabalho. 
Mensagem 3 desaparecida (Foto: Luana Leão/G1)Parte da primeira mensagem enviada por Rayline ao tio
(Foto: Luana Leão/G1)
A técnica em enfermagem Rayline Campos, uma das passageiras do bimotor que desapareceu quando saiu de Itaituba para uma aldeia indígena em Jacareacanga, sudoeste do Pará, pediu socorro ao tio por mensagens no telefone celular minutos antes de a aeronave desaparecer. Ela mora em Santarém, oeste do Estado, e trabalha em Jacareacanga. Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), o avião transportava uma equipe de saúde.
Duas mensagens foram enviadas do telefone celular de Rayline para o celular do tio, Rubélio Santos, que mora em Santarém.
 
Luiz Feltrin comandante da aeronave 
 O local onde foi visto destroços da aeronave desaparecida fica próximo a comunidade São Martim, a 4 minutos de voo do município de Jacareacanga, 15 minutos de voadeira. De acordo com as informações colhidas pelo blog o avião está em local de acesso complicado entre o rio e a mata. Não há informações oficiais sobre a condição das vítimas do acidente. Uma equipe médica esta no local para prestar atendimento em caso de necessidade. O resgate conta com aeronaves, helicóptero e uma grande quantidade de embarcações. Tanto em Jacareacanga como em Itaituba existe uma grande ansiedade das pessoas em busca de informações sobre a as vítimas. 
O avião bimotor modelo BARO, prefixo PP-LMN partiu de Itaituba as 11:45 com destino a Jacareacanga. O avião da empresa Jotan taxe aéreo conduzia cinco profissionais de saúde da FUNASA que prestavam serviço naquela região. O ultimo contato do piloto aconteceu as 12:40,  ele comunicou a um colega que havia pane em um dos motores do avião  e tentaria um pouso forçado. O avião estava a 11 milhas de Jacareacanga, cerca de 4 minutos de vôo, quando fez seu ultimo contato. De acordo com o administrador do aeroporto de Itaituba, Emílio Picardo, até o a tarde de hoje ainda não havia informações sobre o que teria acontecido com o avião, mas por volta das 17:30 destroços foram visualizados por uma aeronave.
No aeroporto de Itaituba havia uma grande mobilização de aeronaves que se organizaram para dar suporte na buscas. A INFRAERO informou que o desaparecimento do avião foi comunicado ao serviço regional de investigação e prevenção de acidentes aeronáuticos (SERIPA) que enviou ao local uma equipe de busca para tentar localizar a aeronave e investigar as causas da queda. Um helicóptero do estado também deve dar auxilio a equipe.