Em entrevista exclusiva ao Jornal Tapajós Agora*, no último dia 4, o deputado federal José Priante afirmou categoricamente que defende a indicação de um santareno para ser o vice na coligação encabeçada pelo PMDB. Segundo ele, as conversações com as lideranças políticas de Santarém estão bem avançadas e, nos próximos dias, podem ter desfecho favorável à sua recomendação à cúpula peemedebista. Líder nato do partido na região oeste do Pará, Priante reconhece a importância política do município. Nas últimas eleições majoritárias para o governo do Estado, por exemplo, não por acaso, os dois últimos vice-governadores paraenses foram santarenos legítimos: Odair Corrêa e Helenilson Pontes, atual vice de Simão Jatene.
As alianças políticas para a escolha dos pré-candidatos que disputarão as eleições majoritárias no Pará estão se definindo. Porém, ainda paira no ar muitas incertezas sobre algumas possíveis pré-candidaturas que ambicionam participar do próximo pleito eleitoral.Declaradamente, apenas PSDB e PMDB já anunciaram que terão candidaturas próprias. O primeiro com o atual governador Simão Jatene, que será candidato à reeleição. Helder Barbalho é o pré-candidato peemedebista. Aliás, o PMDB terá como seu principal aliado nesta campanha, o Partido dos Trabalhadores (PT), contudo, a aliança vislumbra tão somente o apoio ao Senado em favor de Paulo Rocha. O nome do vice ainda não foi definido. No ninho tucano, o clima também é de indefinição, já que não se sabe ainda quem comporá com Jatene a chapa majoritária. Helenilson Pontes, atual vice-governador, e o deputado Tião Miranda, de Marabá, estão no páreo.
Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) recebeu no ano passado 4.662 reclamações de consumidores paraenses contra as Centrais Elétricas do Pará (Celpa). O número corresponde à impressionante marca de quase 400 reclamações por mês, segundo o relatório repassado, com exclusividade, a O LIBERAL, pela Ouvidoria do órgão. O montante representa aumento de 26,5% sobre 2012 e é o maior registrado desde 2008, quando a Aneel começou a avaliar as reclamações da distribuidora.
A Câmara de Vereadores de Itaituba aprovou requerimento de autoria dos vereadores Nicodemos Alves de Aguiar-Solidariedade e João Paulo Meister-PT, solicitando da prefeita Eliene Nunes, cópias do processo licitatória que resultou na contratação do Bradesco para prestar serviço ao município de Itaituba. O requerimento foi aprovado por unanimidade e no seu bojo, os vereadores se mostram preocupados com a noticia publicada neste blog, quanto ao pagamento de R$ 1.600.000,00 para o Bradesco prestar o serviço, que classificam de péssimo.

Indígenas da aldeia Kaiapó e de outras aldeias do município e da região, poderão bloquear trecho da rodovia Br-163 caso o DNIT  não cumpra com as promessas para os indígenas.

A manifestação terá por objetivo, segundo as lideranças Kaiapós, chamar a atenção do Governo Federal para garantir recurso para construir a SESAI (Secretaria Especial da Saúde Indígena), melhorias na estradas que da acesso as aldeias, novas escolas etc.