Rede Celpa faz troca de "olhão" em Belém. (Foto: Shirley Penaforte/Amazônia Jornal)Ação policial combate os "gatos".
(Foto: Shirley Penaforte/Amazônia Jornal)
Uma operação da Polícia Civil de Itaituba, sudoeste do Pará, em parceria com a Celpa já efetuou diversas prisões em flagrante de pessoas que estavam cometendo desvios na rede de energia elétrica, os “gatos”. Denominada de “Energia Limpa”, a operação tem justamente o objetivo de combater a prática ilegal de furto de energia elétrica na região.
De acordo com a polícia, entre os presos estão uma gerente de supermercado localizado na Rodovia Transamazônica e uma dona de uma loja de confecções, na avenida Hugo de Mendonça, no centro de Itaituba. Estas pessoas foram flagradas em situação de furto de energia elétrica.
uma espingarda, que estavam estocados, em um ponto comercial, no distrito de Castelo dos Sonhos, em Altamira, sudoeste do Pará. O proprietário do comércio, Olides José de Camargo, que atende na região pelo apelido de "Lindão”, foi detido e conduzido para a Delegacia, para responder pelo crime. O delegado Caio Carmello, titular da Polícia Civil em Castelo dos Sonhos, informou que o flagrante ocorreu enquanto a equipe policial investigava uma denúncia de que pessoas armadas teriam tentado assaltar um mecânico e ainda teriam atirado na vítima. 
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou ontem de manhã projeto de lei complementar que define novas regras para a criação de municípios, depois que o plenário do Senado Federal aprovou na noite de terça, 15, a urgência constitucional para o projeto. Com isso, a matéria será votada diretamente pelo Plenário e tem preferência sobre várias matérias. Se em 45 dias não for votado, o projeto passará a trancar a pauta do Plenário. A apresentação da proposta (PLS104/2014), pelo senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), faz parte de acordo para resolver o impasse em relação a outro projeto do parlamentar (PLS 98/2002), aprovado pelo Congresso, mas vetado pela presidente Dilma Rousseff.
Vereador Nicodemos Aguiar não poupou críticas à prefeita de Itaituba, Eliene Nunes, pela perseguição aos opositores de seu governo
Vereador Nicodemos Aguiar não poupou críticas à prefeita de Itaituba, Eliene Nunes, pela perseguição aos opositores de seu governo
Durante sessão da Câmara Municipal de Itaituba, onde o plenário virou uma muralha de lamentações com críticas vindas em forma de fogo amigo até mesmo da base aliada, o vereador Nicodemos Aguiar, que é da oposição, rasgou o verbo e disse que a prefeita Eliene Nunes é muito rancorosa, perseguidora, pior do que todos os que já passaram e tinham essa fama,  marca quem crítica ela.

A Procuradoria Regional Eleitoral no Pará (PRE/PA) vai solicitar a diversos órgãos no Estado informações para a produção de um cadastro de candidatos potencialmente inelegíveis nas próximas eleições. O objetivo é fazer valer a Lei da Ficha Limpa, que proíbe a candidatura de políticos com condenação em órgãos colegiados.

Os ofícios serão enviados aos destinatários até a próxima terça-feira, 22 de abril. Nesses documentos, o Procurador Regional Eleitoral, Alan Rogério Mansur Silva, solicita que, até 19 de maio, órgãos públicos e de classe registrem suas respostas em um banco de dados desenvolvido pelo Ministério Público Federal (MPF) para otimizar a análise e cruzamento de informações relevantes para a atuação do órgão na área eleitoral.

Nilson Alves do Nascimento, 27, foi preso por volta das 20h da última terça-feira (15) na 29ª Rua, bairro do Piracanã. No momento em que a guarnição do sargento Darlison Coelho chegou ao local o indivíduo já estava sob o domínio de populares. Informações de testemunhas dão conta de que, por volta das 18h30, uma jovem que passava pela via pública teria sido abordada por um homem desconhecido, que perseguiu a menina e conseguiu alcançá-la. O suspeito teria tentado arrastar a moça para um terreno baldio quando foi visto por um mototaxista identificado como Natan Parente. “Eu achei aquilo esquisito e cheguei junto. Ele tentou escapar, mas foi alcançado e nós dominamos ele (Nilson) até a chegada da polícia”, resumiu Natan.