Equipes da Aeronáutica saíram nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (23) até o local onde foi encontrado o bimotor desaparecido há um mês no sudoeste do Pará. Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), os militares seguem a pé até o local, que é de difícil acesso.
Após as equipes retornarem da mata, a FAB vai divulgar mais detalhes sobre as circunstâncias em que o avião foi encontrado. Ainda não há informações sobre as vítimas do acidente.Ainda de acordo com a FAB, que está à frente das buscas, após informações de alguns garimpeiros a equipe foi a pé até o local indicado e encontrou os destroços. O tempo de caminhada até o local é de aproximadamente 30 minutos e não é possível ver do alto.
Piloto Luiz Francisco Feltrin (Foto: Reprodução/TV TEM)Piloto Luiz Feltrin foi  (Foto: Reprodução/TV TEM)
Militares que participaram das buscas ao bimotor Beechcraf Baron, encontrado nesta terça-feira (22), relataram à esposa do piloto Luiz Feltrin, Marilia Esquerdo, que ninguém sobreviveu à queda da aeronave. Marilia acompanhava as buscas na cidade de Jacareacanga, no sudoeste do Pará, e a informação foi confirmada por uma amiga da família do piloto, Nadja Larissa. "A família já foi avisada. Não há sobreviventes no local da queda" contou Nadja. A Força Aérea Brasileira (FAB) anunciou que só vai confirmar informações a respeito das vítimas na manhã desta quarta-feira (23).