vitimas do triplo homicídio 
 O crime que chocou Itaituba aconteceu no dia 22 de fevereiro. A advogada Leda Marta Lucik, e filha dela de 9 anos e a secretaria Tainara Cristina foram barbaramente assassinadas a  facadas e encontradas horas depois do crime num cenário estarrecedor. A policia após dois meses de investigação e policia concluiu o inquérito que apura os fatos, e pediu a prisão preventiva dos acusados. O delegado superintendente Jardel Guimarães acompanhou de perto o caso. Segundo ele o procedimento policial terminou em tempo hábil e evitou a liberdade do principal suspeito de ser mandante das mortes.
O advogado Altair dos santos, ex marido de Leda Marta está preso a dois meses. De acordo
Dejacir - assassino 
com a policia ele tinha uma relação de conflito com a ex companheira e feito ameaças constantes a advogada. Segundo o delegado Jardel Guimarães também não há duvidas da ligação de Altair com o Dejacir ferreira de Souza identificado como executor das três vitimas. ele foi reconhecido através das imagens gravadas em circuito interno, pelas roupas reconhecidas por testemunhas. Existe imagem do momento que ele compra a faca do crime em um supermercado próximo ao local das mortes e depoimento de pessoas que viram Dejacir na loja da vítima um dia antes dos assassinatos. A polícia conseguiu mapear os passo do assassino até a
Polícia acusa Altair de ser mandante  
cidade de Rurópolis, ele embarcou ao meio dia do dia do crime na comunidade de campo verde com destino aquela cidade e em seguida sumiu misteriosamente. Dejacir é o criminoso mais procurado pela polícia do estado. 
 De acordo com as investigações foi o ciúme que provocou a morte de leda marta. Para a policia o ex marido Altair do Santos não aceitava a separação e resolveu se vingar encomendando a morte da ex mulher. O depoimento é recheado de testemunhos de pessoas que presenciaram ou ouviram falara das ameças que Leda recebia, e também pessoas que testemunharam agressões mutuas do casal.  A policia também chegou a conclusão que a pequena hanna, filha do casal, não deveria ter morrido. A empregada Taynara Cristina também não estava nos planos do assassino. Dejacir resolveu matar as duas para não deixar testemunhas.
De acordo com a coordenação do SINTEPP a ação contra o município foi dada entrada no ano de 2006. O sindicato cobra direito a recursos do extinto FUNDEF que não foram repassado a  categoria entre 2001 e 2006. Segundo Celso Noronha cada professor teria direito a um valor de em media 40 mil reais. A sentença da justiça do trabalho obriga o município a pagar corrigidos os valores de abono que não foram repassados aos profissionais do magistério.  A decisão ainda é de primeira instancia e demorou para ser pronunciada.
O Ministério da Saúde emitiu uma nota de pesar, nesta segunda-feira (28), pela tragédia ocorrida com a queda da aeronave que deixou cinco vítimas fatais na região de Jacareacanga, no Pará, dentre as quais quatro profissionais que atuavam na Saúde Indígena.
Segundo a nota, os profissionais prestavam serviço de grande relevância para a saúde brasileira, levando atendimento a comunidades indígenas localizadas em áreas de difícil acesso. Sua partida é uma inestimável perda não apenas para seus familiares, amigos e colegas de trabalho, mas também para todos que contavam com o seu esforço e dedicação.
Momento de retirada dos corpos do local do acidente 
 O helicóptero que conduziu até Itaituba os corpos do comandante da aeronave que caiu em Jacareacanga e do motorista da equipe de enfermagem que ainda estavam nos destroços do avião até a ultima segunda feira pousou no aeroporto por volta das 19:30. Com a retirada dos dois corpos a equipe concluiu a retirada dos ocupantes do bimotor. No domingo o IML já havia reconhecido e liberado os corpos das três técnicas de enfermagem que também estavam a bordo. Parentes de Luiz Feltrin e de Ary Lima foram até o IML acompanhar a perícia e auxiliar no reconhecimento dos corpos. depois da identificação os corpos do motorista e do comandante foram liberados para os familiares.
Piloto Luiz Francisco Feltrin (Foto: Reprodução/TV TEM)Corpo do Piloto Luiz Feltrin foi encontrado nesta 
segunda. (Foto: Reprodução/TV TEM)
O Instituto Médico Legal (IML) de Itaitubaconfirmou na noite desta segunda-feira (28) que foram identificados os corpos do piloto Luiz Feltrin e do motorista Ari Lima, vítimas da queda de um avião bimotor nas proximidades do município de Jacareacanga, no sudoeste do Pará. Com a identificação das duas últimas vítimas do acidente, a Força Aérea Brasileira (FAB) declarou encerrada a operação de busca e resgate das vítimas do acidente.
Os dois últimos corpos de vítimas do acidente foram localizados na tarde desta segunda, e foram transportados até Itaituba no início da noite. No último domingo, 27, foram removidos os corpos das técnicas de enfermagem Rayline Campos, Raimunda Costa e Luciney Aguiar de Sousa, que já foram identificados e velados nesta segunda em Santarém, e serão sepultados nesta terça.