Uma joint venture entre duas grandes empresas do setor do agronegócio, a Amaggi e a Bunge, vai possibilitar a navegação em um importante corredor intermodal, oferecendo uma nova opção para transporte da crescente produção agrícola brasileira.
A sociedade proveniente da parceria irá se chamar Navegações Unidas Tapajós Ltda. (UNITAPAJÓS), com igual participação de capital das duas companhias. A nova rota de escoamento de grãos, conhecida como Tapajós – Amazonas, está localizada entre os municípios paraenses de Itaituba e Barcarena e é vista como uma alternativa as opções pelos portos do sul e sudeste do país.
  O Grupo de Estudos Tapajós, coordenado pela Eletrobras, entregou o Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica da Usina de São Luiz do Tapajós (EVTE) à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), na última semana. Tal documento apresenta o estudo das condições econômicas e técnicas que compõem um dos aspectos da viabilidade de se construir a usina, a qual alcança uma capacidade instalada estimada de 8.000 MW. A agência agora fará a análise do estudo e ao concluir esse processo, estes documentos serão tornados públicos e farão parte da documentação que subsidiará o edital de licitação da concessão desta usina. 
       
Um acidente trágico que tirou a vida de um empresário de Moraes Almeida identificado por Rogério da Silva Hirata, de 40 anos, aconteceu na tarde desta terça feira, 29, na rodovia transamazônica BR-230, entre os distritos de Miritituba e Campo Verde. Rogério estava em sua camionete modelo (Hilux-Toyota). Ele saiu de Santarém com destino a Itaituba para resolver alguns problemas particulares, mas mal ele saberia que sua viagem não seria completada. O acidente causou comoção em Itaituba e na região de Moraes Almeida, onde o empresário era bastante conhecido.