Permanecem em estado grave as vítimas de um acidente no último domingo (27), na rodovia Transamazônica em Itaituba, no sudoeste do Pará. O motorista de um dos carros envolvidos no acidente e a filha dele, de cinco meses, não resistiram aos ferimentos e morreram.
“Se todos os condutores utilizassem o cinto de segurança e caso estivessem conduzindo a criança no devido local, que é a cadeirinha, talvez essa tragédia teria sido amenizada. Evitada, só mesmo a perícia para dizer", afirmou o comandante Ney Tito, do Corpo de Bombeiros.