Quase cinco meses após acidente aéreo com um bimotor em Jacareacanga, sudoeste do Pará, que vitimou cinco pessoas, as famílias das vítimas cobram respostas sobre os motivos da queda do avião. O acidente, ocorrido no dia 18 de março, matou três técnicas em enfermagem, um motorista e o piloto quando seguiam para uma aldeia indígena.
Em Santarém, no oeste paraense, a família de uma das vítimas quer saber o que provocou a queda do avião que matou a técnica em enfermagem Raimunda Lúcia. A família aguarda um posicionamento da Força Aérea Brasileira (FAB) desde que a queda aconteceu.
Em Itaituba, no oeste do Pará, oito quelônios foram resgatados de uma casa e devolvidos para a natureza. A operação de soltura dos tracajás, uma espécie protegida de quelônios da Amazônia, foi acompanhada por militares do Batalhão de Infantaria de Selva.
De acordo com a Polícia Militar, os animais foram apreendidos em uma casa de um bairro da periferia de Itaituba. Segundo os moradores da casa, os tracajás pertenciam a um pescador que mora na comunidade ribeirinha.