Wescley, Dirceu e Cebola, pré-candidatos (Foto: JParente)
Se a eleição da Câmara fosse hoje, três nomes seriam dados como certos para concorrem à presidência.

O próprio atual presidente, Wescley Tomaz, Cebola e Dirceu Biolchi.
Vereador do Solidariedade, Dirceu tenta montar sua chapa com ares de independência.

Contra Cebola pesam os desmandos de quando foi presidente por duas vezes, pois sua administração não foi o que se pode chamar de um exemplo bem acabado de bom gestor de finanças públicas.


Na noite de ontem (25/11/14) por volta das 22 horas foi assassinado o eletricista Donizete Alves dos Santos, 42, residente na travessa João Pessoa, prox. a Avenida Nova de Santana. O acusado, Cléo da Rocha Lira, preso logo depois do crime, confessou o homicídio. Ele disse à PM que matou porque a vítima estaria ameaçando seu irmão, porém a companheira do acusado deu outra versão. A mulher disse que Donizete teria lhe dito xavecos lhe chamando de "gostosa" e o seu companheiro teria ficado sabendo e por isso teria cometido o crime.