sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

MPF quer agilizar tombamento de Fordlandia

Mais uma vez, o Ministério Público Federal (MPF) lembrou às autoridades responsáveis pelo patrimônio a importância histórica e arquitetônica da Vila de Fordlândia, no município de Aveiro, oeste do Pará. 
Criada por Henry Ford nos anos 30, a vila deveria funcionar como um centro de produção de borracha para o mercado americano. Chegou a ter fábricas, restaurantes, praças, cinemas, dormitórios e funcionários, antes de virar uma cidade fantasma encravada na margem do rio Tapajós.

O processo de tombamento tramita no Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional mas enquanto não é concluído, os bens da cidade deveriam ser mantidos pela prefeitura de Aveiro, que assinou acordo de preservação com o Iphan em 2012 mas continuam chegando ao MPF notícias de depredação em Fordlândia.
O MPF enviou recomendação ao Iphan para que dê celeridade ao processo de tombamento. Caso isso não seja possível, diz a recomendação enviada no último dia 9, o Instituto deve indicar “medidas concretas direcionadas à prefeitura de Aveiro para que se possa diminuir as perdas”. 
(Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário