quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Justiça declara ilegal greve dos professores em Itaituba

Juiz Claytonei Passos Ferreira
Juiz Claytoney Passos Ferreira

Na manhã de segunda-feira, 23, foi realizada uma assembléia geral para referendar a grave do professores. Dezenas de trabalhadores da educação participaram da assembléia e a maioria decidiu dar continuidade à grave que já tinha sido decidida na ultima sexta-feira.


Ainda na segunda-feira a Justiça foi acionada pela Procuradoria da prefeitura de Itaituba e obteve uma decisão favorável. Na ocasião, uma Liminar foi expedida contra a greve dos professores. Na ação declaratória de ilegalidade/abusividade de greve movida pela Procuradoria Geral do Município em face do SINTEPP, a 1ª Vara Cível e Empresarial de Itaituba, através do juiz Claytoney Passos Ferreira
Teor da Liminar assinada pelo Juiz, deferiu a Liminar para que o SINTEPP suspenda a greve deflagrada com o conseqüente retorno às atividades dos grevistas no prazo de 24 horas (vinte e quatro horas) sob pena de multa diária de R$ 10.000,00 e delito de desobediência.
Fonte: RG 15/O Impacto e Junior Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário