quarta-feira, 22 de julho de 2015

Polícia busca por mais dois suspeitos de matar homem em assalto

Prisão suspeitos de matar homem que reagiu a assalto em Santarém (Foto: Reprodução/TV Tapajós)Operação das polícias visando encontrar o restante
da quadrilha (Foto: Reprodução/TV Tapajós)
As polícias Civil e Militar buscam por mais dois suspeitos de integrar uma quadrilha de assaltantes apontados como autores do latrocínio – roubo seguido de morte – de Raimundo Galúcio, ocorrido no final da manhã de terça-feira (21), em Santarém, oeste do Pará.
Ele foi morto com tiro na cabeça após reagir a um assalto e esfaquear um dos ladrões no bairro Caranazal. Os bandidos fugiram de motocicleta e levaram um cordão da vítima.
Ao todo, 11 pessoas foram presas e a intenção é impedir que o restante da quadrilha, que está foragida, cometa outros crimes. “Estamos empreendendo diligências com diversas equipes tentando localizar os mesmos”, informou o delegado de Polícia Civil Jardel Guimarães.

Raimundo Rocha Galúcio, de 63 anos, reagiu e foi baleado na cabeça (Foto: Arquivo Pessoal)
Raimundo Rocha Galúcio, de 63 anos, reagiu e foi
baleado na cabeça (Foto: Arquivo Pessoal)
As prisões ocorreram na tarde de terça nos bairros Floresta e Jaderlândia. Com os suspeitos de participar da ação, foram encontrados a arma utilizada no crime e um cordão de ouro da vítima. “Já tínhamos os informes na Delegacia de Repressão a Roubos, que ele [um dos suspeitos] patrocinava, fornecia arma de fogo para assaltos. Na casa dele foi encontrado o revólver calibre 38 que foi usado na ação e o cordão da vítima e com o outro elemento também foi encontrado a arma de fogo. Estão sendo autuados em flagrante delito”, informou o delegado de Polícia Civil, Jardel Guimarães.
Além dos suspeitos de participação direta no crime, outras pessoas também foram detidas suspeitas de darem apoio aos bandidos, entre elas uma mulher que estava prestando socorro ao homem que foi ferido durante o assalto. Na ocasião, dois revólveres e um carro foram apreendidos. Dentro do veículo estava um capacete que pode ter sido utilizado no assalto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário