sexta-feira, 17 de julho de 2015

Policial e mais três são presos em operação do MPE em Santarém

 O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Pará (MPE) e a Delegacia de Crimes Funcionais (Decrif), por meio da "Operação Limpydus" cumpriram na manhã desta sexta-feira (17), em Santarém, oeste do Pará, três mandados de prisão preventiva e um de prisão temporária. Segundo a assessoria de comunicação do MPE, um policial civil, um servidor da Polícia Civil, um empresário e uma mulher foram presos.
A operação é referente ao Procedimento Investigatório Criminal instaurado para apurar crimes de exploração de menores, corrupção ativa, corrupção passiva e estupro de vulnerável no município e teve participação da Delegacia Especializada em Atendimento a Crianças e Adolescentes deSantarém, Delegacia de Crimes Funcionais (Decrif) e Corregedoria de Polícia Civil.

O policial civil e o servidor da Polícia Civil, presos pela Decrif, serão encaminhados a Belém. O empresário e a mulher, presos pelo Gaeco, ficarão na Penitenciária Sílvio Hall de Moura em Santarém. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão a uma adolescente. As medidas foram deferidas no Procedimento Investigatório Criminal da Promotoria de Justiça de Santarém.
A operação foi coordenada pelo promotor de Justiça de Santarém e membro do Gaeco, Augusto Sarmento, e corre em segredo de justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário