quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Câmara de Itaituba reiniciou suas atividades

Composição da mesa
Foto: JParente

O segundo período legislativo de 2015 da Câmara Municipal de Itaituba foi iniciado na manhã de hoje com uma sessão quase solene. Quase, por que tem sido regra haver apenas a abertura dos trabalhos, com a fala de um orador escolhido pela mesa diretora, discursos amenos de alguns vereadores e a mensagem de um representante do Poder Executivo, de preferência o prefeito ou prefeita. Mas, hoje foi diferente.

Começou com o presidente da Casa de Leis, vereador João Bastos Rodrigues passando a presidência para o vice, vereador Manoel Diniz, indo ocupar uma cadeira no plenário. 

A sessão começou com um inexplicável atraso de 20 minutos.

Inexplicável, porque quatorze dos quinze vereadores estavam presentes.

O vereador Isaac Dias, secretário da Mesa Diretora, foi escolhido como o orador oficial.

Quem prestou atenção em sua fala deve ter notado que ele foi muito feliz ao tratar de um assunto que os poderes, a imprensa e a sociedade de um modo geral deveriam tratar diariamente: a falta de credibilidade das instituições, que estão sendo colocadas em cheque, como se a culpa fosse somente delas.

Isaac lembrou com muita propriedade, que as instituições são comandadas e compostas por pessoas de carne e osso, e que são essas pessoas, que fazem parte da sociedade, que colocam as mesmas nessa situação de descrédito em que se encontram hoje.

Ele citou o exemplo de alguém que, para não ser multado, dá propina para um agente de trânsito, achando que isso é normal da parte do corruptor, enquanto o outro lado, esse não é normal, pois é corrupto.

Esse assunto o blog destaca, porque ele tem sido tratado com muita frequência, tanto aqui neste espaço, quanto pelo Jornal do Comércio. Por isso, a fala do vereador Isaac Dias foi digna de uma reflexão mais profunda, embora alguns tenham preferido ficar conversando, pois presta-se mais atenção quando tem alguém atacando, ou defendendo o governo.

Imediatamente após Isaac se despedir, quando ele disse, bom dia a todos, faltou luz.


Autoridades presentes
Foto: JParente

Não tardou para as críticas contra o governo municipal começarem a acontecer, pois logo depois foi a vez do vereador Peninha subir à tribuna para ligar sua metralhadora contra a administração da prefeita Eliene Nunes, que ainda não tinha chegado.

Peninha centrou seus ataques de modo contundente contra a situação da coleta de lixo.

Segundo disse, a empresa que coletava até há alguns dias, por falta de pagamento, retirou os quatro carros papa-lixo que faziam a coleta do lixo domiciliar.

Disse o vereador do PMDB, que o débito é superior a R$ 1,5 milhão, conforme lhe foi informado.

Ele também criticou outros pontos do governo que não estão funcionando.

Peninha precisou usar o gogó, falando bem alto, porque a energia elétrica demorou a voltar.

Voltou quando o vereador Iamax Prado falava. E Iamax esbravejou enquanto criticava a prefeita Eliene Nunes, afirmando que gostaria que ela estivesse presente para ouvir o que ele tinha a dizer.

E ela chegou enquanto quando ele terminava de dizer. E as críticas continuaram de sua parte.

A prefeita chegou com 50 minutos de atraso (estilo Roselito Soares) em relação à hora marcada para começar a sessão, e 30 minutos depois que tinha sido iniciada.

Ela teve que ouvir ainda mais algumas  críticas pesadas, as mais veementes delas, feitas pelo ex-aliado Orismar Gomes, que cobrou duro dela.




Os 15 vereadores compareceram
Foto montagem: JParente


Disse que durante a campanha de 2012 andou de porta em porta nos bairros da Liberdade e no Bom Jardim, pedindo votos para ela, que tinha prometido fazer um monte de coisas que não tem cumprido.

Quando chegou sua vez, a prefeita Eliene Nunes não aliviou, mostrando que não tem medo de cara feia.

Falou que muitos vereadores são ligados a um deputado estadual (Hilton Aguiar) ou a um deputado federal (Chapadinha e Zé Geraldo), mas, que nenhum deles pede para que sejam alocadas verbas para o município de Itaituba.

Eliene fez uma declaração que mereceu muitas palmas do séquito que a segue por onde vai: disse que em breve Itaituba vai receber mais 20 km de asfalto em suas ruas.

A claque da prefeita aplaudia os vereadores que defendiam o governo, e vaiavam quem criticava. E nesse particular, o mais vaiado de todos foi o ex-aliado Orismar Gomes.

No final, entre mortos e feridos escaparam todos.

Amanhã, quarta, haverá a primeira sessão ordinária deste segundo semestre.

As lentes do blog e do Jornal do Comércio estiveram na Câmara registrando o reinício dos trabalhos.
por J. Parente

Nenhum comentário:

Postar um comentário