quarta-feira, 5 de agosto de 2015

COMUNIDADE DE BOA VISTA (KM 28) PODERÁ SER ELEVADA A DISTRITO


Localizada a 28 quilômetros do centro de Itaituba, a comunidade de Boa Vista é uma das que apresentam as características prioritárias para ser elevada à categoria de distrito. Desde 1995, o vilarejo já conta com uma associação integrando as mais de 130 famílias, que ainda estão morando em lotes rurais, sem regularização fundiária.

Desde a sua criação, a vila sempre teve a influência do parque industrial da fábrica de cimento, e agora outras empresas estão se instalando, promovendo a oferta de emprego para os moradores. O presidente da Associação, Heliton Paulo de Jesus, destaca que a comunidade tem energia elétrica, escola e posto de saúde. Com essa estrutura, a associação pleiteia junto ao Executivo e Legislativo do município a sua elevação a distrito. O projeto já foi elaborado, e agora está passando por avaliação para ser encaminhado para a Câmara de Vereadores.
Para chegar à condição de legalizada dentro dos critérios da regularização fundiária, a área de 4 mil 650 hectares, que pertence à porção territorial de Boa Vista, está passando pelo processo de georreferenciamento. “Esse é um procedimento obrigatório para que sejam oficializados os distritos”, enfatiza a prefeita Eliene Nunes, que esteve à frente do grupo durante a visita.

O trabalho vem sendo coordenado pela Procuradoria Jurídica do município e pelo Conselho da Cidade. Na comunidade, já estão sendo ouvidas as famílias, dentro de um trabalho de coleta de dados que vai embasar a elaboração do Projeto de Lei que deverá ser encaminhado para a Câmara Municipal.

Além de oferecer condições adequadas para se tornar um distrito de Itaituba, Boa Vista ainda justifica a sua denominação, ao oferecer um cenário bucólico natural bastante atraente, uma autêntica vitrine para as belezas do rio Tapajós, com suas praias de areia clara e o verde-vidro das suas águas. É o que ainda temos de belo para oferecer aos nossos visitantes.

Por Mauro Torres

Nenhum comentário:

Postar um comentário