terça-feira, 18 de agosto de 2015

Energia Elétrica: Deputado Petista propõe incentivos do Estado pare reduzir tarifa


O DEPUTADO AIRTON FALEIRO, DO PT, QUE PRESIDE A COMISSÃO DE ENERGIA DA ALEPA, FALOU SOBRE A AUDIÊNCIA PÚBLICA QUE VAI ACONTECER AMANHÃ PARA DISCUTIR COMPENSAÇÕES DO COMPLEXO HIDRELÉTRICO DO TAPAJÓS E TARIFA DE ENERGIA ELÉTRICA >>> O deputado Airton Faleiro, do Partido dos Trabalhadores (PT), desembarcou no aeroporto de Itaituba na manhã desta segunda-feira cumprindo agenda oficial. Ele vai integrar a bancada do PT na Assembléia Itinerante de quarta-feira, mas também está em Itaituba para presidir a audiência pública que vai discutir vários assuntos relativos a energia elétrica no estado. Faleiro comentou os sucessivos aumentos da tarifa de energia sofridos pelo usuário nos últimos meses, chegando a mais de cinqüenta porcento de reajuste. O deputado petista é presidente da Comissão de Energia Elétrica da Assembléia Legislativa do Estado, e também defende a criação de políticas que possam reduzir a tarifa, além de compensações do complexo hidrelétrico do Tapajós. Airton Faleiro diz que é inaceitável o fato de o Pará estar caminhando para se tornar o estado que mais gera energia, e ter a terceira maior tarifa de energia elétrica do país.
"É inconcebível que estejamos a caminho de nos tornarmos o Estado que mais produz energia elétrica no país termos tarifas tão elevadas. Queremos saber quais serão as compensações que essa condição vai nos trazer. E queremos que as populações sugiram, participem ativamente do processo. Não podemos permitir essa atual situação, temos que reagir. E o melhor caminho é o conjunto de forças", aponta Faleiro.
Na concepção do deputado, existem explicações para as altas tarifas no Estado, mas essas explicações não podem ser tomadas como justificativa para essa condição. É de conhecimento da comissão de energia que a empresa prestadora do serviço paga mais de sessenta porcento do que arrecada, só em impostos. Diante disso, a comissão busca alternativas para reduzir essa carga tributária e garantir tarifas mais aceitáveis para o consumidor paraense.
A audiência pública está programada para acontecer a partir das 09h da manhã, no auditório do Instituto Salomão Ribeiro (ISR), na avenida Fernando Guilhon, entre 15 de Agosto e Justo Chermont
extraído do blog do Mauro Torres. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário