Pesquisa do Dieese mostra que percentual é maior que a inflação acumulada desde 1998. Novo aumento passa a valer a partir de sábado (7)
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta terça-feira (4) o aumento médio de 7,47% na tarifa de energia elétrica no Pará. O consumidor residencial vai ter reajuste médio de 6,30% e os grandes consumidores comerciais e da indústria tiveram aumento de 10,22%. Os novos percentuais passam a valer a partir do dia 7 de agosto.

Segundo pesquisa divulgada pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos no Pará (Dieese/PA), o reajuste acumulado para o consumidor residencial no Estado é de 470% contra uma inflação estimada de 204% desde 1998, ano da privatização da Celpa. Mais de 2 milhões de consumidores serão afetados pelo reajuste.
O reajuste de agora somado ao regime de bandeira tarifária, adotado a partir de janeiro, colocam a tarifa de energia elétrica praticada no Pará entre as que crescem mais do que a inflação e os salários.
Por: Redação ORM News