quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Greve é mantida véspera de completar um mês

peritos do Estado do Pará decidiram permanecer em greve, que completa nesta sexta-feira (18), um mês. Segundo o presidente da Associação dos Peritos Oficiais do Pará (Aspop), Aldecy Moraes, a decisão foi tomada após audiência com o chefe da Casa Civil do governo do Estado, José Megale, que reuniu mais de 50 trabalhadores.




“Estamos com uma adesão muito boa da categoria, inclusive nesta reunião apareceram mais de 50 peritos mostrando que realmente estamos unidos e que nós não vamos parar a greve enquanto não tivermos nossas solicitações atendidas”, explicou Valdecy.



De acordo com o presidente da Aspop, após a reunião, o chefe da Casa Civil se comprometeu em levar as propostas da categoria ao Governador do Estado, Simão Jatene, para dar uma resposta sobre as reivindicações dos peritos.



A categoria reivindica a implantação da remuneração escalonada, com aumento salarial anual de 32%, entre os anos de 2015 a 2018, além de melhores condições de trabalho.


(DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário