terça-feira, 29 de setembro de 2015

Hidrelétrica no rio Tapajós pode extinguir espécies e prejudicar povos locais', diz pesquisador do Inpa

 Jansen Zuanon, do Instituto de Pesquisas da Amazônia (Foto: Reprodução)Jansen Zuanon, do Instituto de Pesquisas da
Amazônia (Foto: Reprodução)
O Tapajós é um dos últimos grandes rios amazônicos sem barragens e a nova fronteira de megaprojetos do governo federal de usinas na Amazônia

Ao menos 40 grandes hidrelétricas estão atualmente em construção ou planejamento na bacia amazônica.

Em fase de licenciamento ambiental, a usina de São Luiz do Tapajós é a maior delas e considerada uma prioridade pelo governo.
A construção da usina foi tema de uma assembleia entre povos indígenas da região, ONGs, ambientalistas e representantes do governo.
saiba mais

A BBC Brasil conversou com Jansen Zuanon, pesquisador titular do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) presente na reunião, sobre os possíveis impactos desta e outras obras do tipo sobre o meio ambiente. Assista ao vídeo da entrevista com Jansen Zuanon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário