terça-feira, 27 de outubro de 2015

Pregão sobre concurso da Câmara de Santarém é suspenso

O pregão presencial para a escolha da empresa que vai organizar o concurso público para provimento de vagas na Câmara de Vereadores de Santarém, oeste do Pará, que estava sendo realizado nesta segunda-feira (26), foi suspenso após recursos contra o resultado.
A empresa que ofereceu o menor preço foi escolhida, mas as outras duas entraram com recurso, levando a comissão a suspender o processo licitatório. A equipe de pregoeiros e a equipe jurídica da Câmara vão analisar de forma aprofundada durante esta semana documentos necessários para a habilitação para chegar a uma resposta definitiva.

Participam da licitação as empresas Inaz do Pará - serviços de concursos públicos Ltda; Instituto de Desenvolvimento Social Ágata e Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), todas do Pará.De acordo com o presidente da Comissão de Pregoeiros da Câmara Municipal de Santarém, Rubens Athias, por meio da assessoria de comunicação, 17 empresas se interessaram em participar da licitação, mas somente três compareceram ao processo de habilitação.

A empresa escolhida vai elaborar o edital e organizar todos os trâmites do certame. A previsão é de que o concurso seja realizado este ano e a convocação dos aprovados seja feita no início de 2016.

De acordo com o presidente da casa legislativa, Reginaldo Campos (PSB), serão 40 vagas distribuídas em 10 cargos. Os salários vão variar entre R$ 1 mil e R$ 3 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário