segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Policial militar é assassinado em Medicilândia


O policial militar identificado como soldado Lacerda foi a mais nova vítima da violência contra os agentes da segurança pública no Pará.
De acordo com uma testemunha que prefere não se identificar, o soldado foi morto a tiros no domingo (1º), em um balneário no município de Medicilândia, sudoeste paraense, durante troca de tiros com bandidos que invadiram o local. O denunciante classificou a morte como “uma afronta à segurança pública e a um Estado que está tomado pela violência.” Revoltado, ainda pergunta: “onde estão as autoridades a quem somos subordinados? Só sabem nos cobrar e punir? Ficam calados?”. O DOL entrou em contato com a Polícia Militar, por telefone, durante a noite de domimngo, e foi informado que aguardam o relatório referente ao caso, porém, enfrentam problemas com a conexão de internet.

O policial militar Victor Rafael Lacerda, de 28 anos (PM Lacerda), teria trocado tiro com um homem acusado de estar armado em um balneário na cidade de Medicilândia, no Sudoeste do Pará a 90 km de Altamira, o caso foi no final da tarde de domingo (01/11), segundo testemunhas foram vários disparos, 3 teriam alvejado o PM Lacerda na cabeça, ele chegou a ser encaminhado para Altamira mas não foi possível reanimar o PM. O caso ainda está sendo investigado, a Polícia Civil não revelou o nome do acusado pelo crime, mas as pistas levam a um velho conhecido da Polícia no município, e segundo fontes, é filho de um político. O crime chocou a cidade de 30 mil habitantes, o corpo do soldado já está em Altamira e deve passar por necropsia, o militar deixa esposa e um filha. Ele completaria 29 anos em dezembro.

FONTE: RG 15\O Impacto, DOL e Felype Adms

Nenhum comentário:

Postar um comentário