O piloto de um avião de pequeno porte continua desaparecido depois da queda da aeronave no último sábado (9), no rio Baú, na reserva indígena Kaiapó, perto de Novo Progresso, sudoeste paraense. Os destroços do avião foram encontrados no mesmo dia pelos índios. O piloto era o único ocupante do avião.
De acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Itaituba, responsável pela região, o piloto teria saído de Novo Progresso para transportar combustível a um garimpo próximo à cidade. A suspeita é que ela tenha feito um pouso forçado na água, pois teria avisado pelo rádio sobre uma pane na aeronave. Uma força tarefa formada por bombeiros e indígenas continua fazendo buscas na manhã de hoje na área do acidente.  
Piloto Celsinho continua desaparecido
Piloto Celsinho continua desaparecido
O acidente aconteceu no sábado (09) envolvendo uma aeronave que caiu no rio Curuá, próximo a aldeia indígena Baú, no município de Novo Progresso, Oeste do Pará, o piloto Celsinho continua desaparecido.
Uma equipe de amigos do piloto, e colaboradores voluntários que seguiram para aldeia na tarde de sábado (09) com quatro mergulhadores equipamentos. O Piloto, segundos antes de cair avisou pelo rádio que estava com a pane na aeronave. Conforme informação coletada no local pelo piloto Magal, que acompanha as buscas, foi encontrada a aeronave praticamente toda destruída, dentro dela alguns pertences.
ENTENDA O CASO: A aeronave pilotada por um dos pilotos mais experientes e antigos da região caiu no rio, próximo aldeia Baú.