As investigações da Polícia Civil e do Ministério Público do Pará detalharam a atuação de uma quadrilha especializada na venda ilegal de madeira no estado do Pará. No dia 1º de julho, dez pessoas forapresas em Belém, Ananindeua, Itaituba e Tucuruí, suspeitas de participação no esquema criado para dar aparência de legalidade à exploração de madeira em áreas proibidas e, segundo a Polícia, rendeu mais de R$ 300 milhões para o grupo só no ano de 2015. A Polícia aponta Rodrigo Andrade e Menandro Freire como chefes do esquema.


De acordo com as investigações, Alex Renato Carvalho, Arley Figueiredo Rosas e Alcides da Silva Machado, que está foragido, seriam os intermediários na compra e venda de madeira ilegal. O grupo também é acusado de comprar empresas bloqueadas pela Secretaria de Meio Ambiente. Segundo a Polícia, eles pagavam multas e regularizavam a documentação das empresas, para que pudessem criar empresas fantasmas.
Os católicos foram às ruas de Itaituba, no sudoeste do estado, neste domingo (12), para homenagear Santana, considerada padroeira do município. De acordo com as equipes de segurança e organização, cerca de 10 mil pessoas participaram da caminhada. "O que motiva para caminhar é ter fé em Deus. Eu caminharia a noite toda se fosse preciso, pois a graça foi muito maior", diz o promotor de vendas Jheryson Rodrigues.
Antes da procissão, que seguia para a igreja matriz, foi realizada uma missa campal, onde os fiéis aproveitaram para agradecer pelas graças alcançadas. "Eu vim pedir bênçãos para a minha família e amigos, pois muitas pessoas já foram curadas. Santana é a nossa protetora e nos anima a caminhar cada vez mais na fé", conta a professora Sueli Santos.
Quando efetuavam trabalho de segurança no festival de Barreiras encerrado no ultimo domingo dia 12, policias Militares do 15º BPM prenderam em flagrante uma dupla de jovens envolvidos no roubo de uma moto. De acordo com um dos policiais a moto roubada, uma Titan preta vinha sendo utilizada em assaltos na cidade de Itaituba e os bandidos a levaram para Barreiras por ocasião do Festival do Piau/Aracu.

Foram presos o menor L.C. V de 15 anos e Isaac Costa Nunes de 19 anos. Segundo Isaac a moto havia sido roubado no estacionamento de uma escola através de ligação direta. Após o roubo ele e mais três comparsas foram até o festival de Barreiras quando foram presos pela policia Militar. Segundo o comandante da guarnição sargento Machado, Isaac já é um velho conhecido da Policia pela pratica de assaltos em Itaituba.


A greve dos servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) no Pará completa seis dias nesta segunda-feira (13), com adesão de 80% da categoria. Os servidores garantem que os beneficiários continuam sendo atendidos, só que com os serviços reduzidos. Na tarde de hoje, em Brasília, o comando nacional de greve da categoria deve se reunir com o Ministro da Previdência Carlos Gabas, para tentar um novo acordo. 
'Nós tivemos uma negociação com o governo no início do mês, mas não deu em nada, agora vamos ter outra rodada de negociação entre os dias 21 e 23. Mas independente disso, hoje o comando nacional vai se reunir com o ministro e vamos aguardar o resultado para ver se mudam a proposta', explica Antônio Maués, diretor do Sintprevs-PA (Sindicato dos Trabalhadores em Previdência, Saúde, Trabalho e Assistência Social do Pará).
O 1º Fórum da Transamazônica e BR-163 será realizado nos próximos dias em Santarém,RurópolisAltamira e Itaituba, municípios localizados na região oeste do Pará. A assessoria de comunicação não informou a data. A intenção é discutir o desenvolvimento da região. As alternativas e soluções apresentadas durante as plenárias vão resultar na criação de um protocolo que será entregue para a criação do Plano Plurianual - PPA (2016/2019).
O evento retoma o debate para o resgate socioambiental de uma zona estratégica para o estado do Pará e do Brasil, que são as rodovias BR-230 (Transamazônica) e BR-163 (Santarém/Cuiabá), construídas na época do regime militar para integrar o Norte brasileiro com o resto do país, e ligar a região Norte ao Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, respectivamente.