Após decisão da Câmara dos Vereadores, o prefeito Osvaldo Romanholi (PR) de Novo Progresso foi cassado e nesta manhã de terça-feira (14) ,  o vice Joviano de Almeida (PSL), foi empossado no cargo de prefeito.
camarajuraO Prefeito foi cassado por contratação sem licitação de servidor com salário acima de R$ 6 mil reais mensais, foi investigado e posteriormente cassado por sete votos a favor, dos nove vereadores. A Câmara considerou o ato do prefeito um afronto a constituição considerado, como improbidade administrativa.
A posse foi tranquila com a presença dos 09 vereadores: Ubiraci Soares (PT), Sebastião Bueno (PT), Chico Sousa (PMDB), Edemar Oneta (PMDB), Luizão (PMDB), Juarez Civieiro (PSDB), Magno Costa (SOL), Eloido Bertollo (PR) e Nego do Bento (PROS).