O juiz Clietoney Passos anulou a comissão parlamentar de inquérito da câmara de Itaituba. O magistrado apontou varias falhas no rito processual em sua decisão. Com essa decisão, a comissão não poderá apresentar ao ministério publico denuncias contra a administração municipal que constem nas apurações da CPI.
De acordo com o vereador Isaac Dias, que era o presidente da CPI, o juiz Cleitoney Passos julgou esta semana o mérito do mandado de segurança impetrado pela administração municipal no inicio dos trabalhos da comissão parlamentar de inquérito criada para apurar denuncias contra a administração municipal.
Já o vereador peninha, relator da CPI, acredita que com todas as provas obtidas através das investigações será fácil qualquer vereador formular denuncia contra a administração municipal. Ele informou ainda que outros órgãos, como TCM, receberam cópia do relatório final que aponta transgressões que teriam sido praticadas na atual gestão.

A CONFIRMAÇÃO DA PRISÃO DE DEJACIR FERREIRA DE SOUSA FOI FEITA NA MANHÃ DESTA QUARTA-FEIRA PELO DELEGADO JARDEL GUIMARÃES, QUE ACOMPANHOU DE PERTO O INQUÉRITO DA MORTE DA ADVOGADA LEDA MARTA LUCIK, DE SUA SECRETÁRIA E FILHA. O DELEGADO QUE HOJE ATUA EM SANTARÉM, FOI UM DOS PRIMEIROS A RECEBER A INFORMAÇÃO E JUNTO COM O NÚCLEO AVANÇADO DE INVESTIGAÇÃO (NAI) , COORDENADO PELO DELEGADO SILVIO BIRRO, REALIZOU AS PRIMEIRAS INVESTIGAÇÕES SOBRE A POSSIBILIDADE DE LOCALIZAÇÃO DO CRUEL ASSASSINO APONTADO COMO EXECUTOR DE TRÊS PESSOAS DE UMA SÓ VEZ NO CENTRO COMERCIAL DE ITAITUBA.