Depois de muito impasse Djaci Ferreira de Souza acusado de ter assassinado de forma bárbara a advogada Leda Marta,  (Procuradora do município), sua filha Hanna Estela de 10 anos e sua funcionária Tayna.

 Com aparato de segurança digna de um popstar o criminoso chegou quarta feira dia 21 a Itaituba, por volta das 20 horas.

 Djaci estava em Belém depois de ser preso na cidade de Estrela do Norte (Goiás) por ter trucidado um ancião de 80 anos. 

Por causa desse crime Djaci que já era procurado pela justiça paraense foi desmascarado Para ser transferido foi montado um forte aparato de segurança envolvendo até os bombeiros do Aeroporto, ficando totalmente blindado em relação a imprensa esteve lá no aeroporto na tentativa de cobrir o evento tão esperado pela população. 

Ezequiel Castanha tem R$ 30 milhões em multas por crime ambiental, segundo Ibama (Foto: Reprodução/ Globo Rural)Ezequiel Castanha, considerado o maior desmatador da Amazônia, foi liberado na quarta-feira (20) do Centro de Recuperação Regional de Itaituba (CRRI), no sudoeste do Pará, após ser beneficiado por um habbeas corpus concedido pela Justiça Federal. Ezequiel foi preso em fevereiro acusado de liderar uma quadrilha que invadia terras públicas, desmatava, incendiava as áreas para formação de pastos e vendia as terras como fazendas, de acordo com a denúncia do Ministério Público Federal (MPF).

Dirceu Frederico Sobrinho, presidente da ANORO,  afirma que região do Tapajós ainda pode explorar mais de 2 mil toneladas de ouro
Dirceu Frederico Sobrinho, presidente da ANORO, afirma que região do Tapajós ainda pode explorar mais de 2 mil toneladas de ouro
A entrevista especial dessa semana é com o empresário e minerador Dirceu Frederico Sobrinho, presidente da Associação Nacional do Ouro (ANORO), com larga experiência e vivência de mineração, fruto de suas atividades comerciais nestas mais de duas décadas morando em Itaituba. O empresário aborda vários temas relacionados à nossa economia e ao desenvolvimento da região considerada por ele promissora.
O Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, sediado em Brasília anulou a sentença do Juízo Federal de Santarém, de agosto de 2011, que determinou, à época, o cancelamento das portarias de criação de 106 projetos – quase totalidade assentamentos da reforma agrária no oeste do Pará. A decisão foi publicada no dia 5 de outubro deste ano e foi divulgada na tarde de quarta-feira (21).
A anulação foi feita em resposta a uma apelação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que afirma não ter sido citado no processo. O TRF aceitou o argumento do Ibama, usando-o como motivo para a anulação.
Operação combate fraude no seguro defeso no Pará
Operação combate fraude no seguro defeso no Pará
A Polícia Federal nesta quinta-feira, 22, a operação denominada “Arapaima”, com objetivo de desarticular organização criminosa suspeita de cometer fraudes na concessão do benefício social de seguro defeso ao pescador artesanal, envolvendo servidores e intermediários ligados aos órgãos públicos responsáveis por essa concessão, no estado do Pará.
Cerca de 70 policiais federais cumpriram 17 Mandados de Prisão temporária e 17 Mandados de busca e apreensão, a grande maioria nas cidades de Belém e Ananindeua, mas também em Soure, Cametá, Santa Isabel e Altamira.