A prefeita Eliene Nunes reuniu todo o seu secretariado e outros setores do primeiro escalão de seu governo, no final de semana, para tratar dos cortes que precisam ser feitos, com urgência.

A prefeitura gasta, atualmente, cerca de R$ 9 milhões com a folha de pagamento.

Isso passa do teto estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o que pode causar problemas legais para a gestora.

Porém, não se trata apenas de adequar a folha à Lei de Responsabilidade Fiscal, mas, de se enquadrar dentro da atual realidade da economia do país, que está em frangalhos, tanto na iniciativa privada, quanto nos governos.