domingo, 17 de janeiro de 2016

Acerto de contas – Traficante é assassinado com vários tiros em Itaituba

Traficante assassinado na Praia do sapo
Traficante assassinado na Praia do sapo
Foi assassinado às 18 horas de sábado, dia 16, Jafren da Silva Almeida, de 29 anos, por dois elementos que estavam em uma moto e se evadiram do local. De acordo com o comandante da operação que esteve no local fazendo levantamento do homicídio, sargento Araújo, Jafren que era um traficante de alta periculosidade foi morto com seis tiros. Ele inicialmente foi abordado por dois homens que estavam em uma moto e sem esboçar qualquer reação foi alvejado de pouca distância, morrendo na hora.
Jafren foi morto na 6ª Rua Jardim das Araras, próximo à praia do Sapo, em Itaituba. A vítima estava em uma moto Broz Branca, placa QD I 3059, que foi levada para a 19ª Seccional e entregue pela guarnição da PM. A Polícia trabalha entre as linhas investigativas com a possibilidade de ter se tratado de um ”acerto de contas”. Jafren, conhecido no submundo do crime como PIPI, estava há cerca de três dias em Itaituba após passar uma longa temporada em Santarém.

Segundo o delegado plantonista Cleber Pascoal, Jafren já havia sido preso em Itaituba por tráfico de drogas. Ele foi preso no dia 24 de setembro de 2014, com mais quatro bandido,sendo eles, Edson Reis, Fabiana dos Santos, Romário Vieira Alves e Ronaldo Vieira de Jesus. A quadrilha na época foi presa durante a Operação Ciclone, comandada pelos delegados Jardel Guimarães e José Bezerra, numa ação que envolveu forte aparato de armas e policiais.
Jafren com seus comparsas comandavam de dentro dos presídios altos esquemas do tráfico de drogas. Na operação foram usadas sete viaturas e 35 policiais civis que simultaneamente prenderam os traficantes nos bairros Vitória Régia, Piracana, Santo Antônio e Centro. Desde a época da operação em 2014 que Jafren não era visto em Itaituba, retornou na quinta-feira, dia 14 e foi assassinado sábado, dia 16. Os criminosos estão foragidos.
Fonte: Nazareno Santos, com foto de Jean da Garapeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário