quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Itaituba: Vice governador dá ordem de serviço para pavimentação da estrada do BIS

O vice governador do estado esteve nesta quinta-feira em Itaituba para dar ordem de serviço para a pavimentação de seis quilômetros da estrada do bis. Zequinha Marinho desembarcou no aeroporto municipal por volta das 16:30 e foi direto para o balneário caçador, onde aconteceu a cerimônia oficial de assinatura da ordem de serviço para a pavimentação de seis quilômetros de estrada do BIS.  Zequinha marinho foi recebido pela prefeita Eliene Nunes, militantes do partido dele e diretores de  departamentos do estado no município. No local do evento também estavam moradores do bairro jardim tapajós e da aldeia indígena praia do índio, que reivindicavam o asfaltamento havia anos.

De acordo com lideranças locais a ordem de serviço é fruto de um esforço conjunto que incentivou o estado a olhar com atenção para a realidade de quem mora ao longo da estrada. A prefeita Eliene Nunes foi anfitriã do encontro e disse que a chegada deste investimento superior a três milhões de reais favorece uma das vias mais importantes para a economia local e beneficia centenas de moradores que há anos vinham reivindicando este beneficio.
Para o vice governador, a assinatura é um passo importante para o resgate de um compromisso feito por ele próprio junto aos moradores no ano passado, quando houve vários protestos com a intenção de chamar a atenção para esta realidade.
A TRIENGE foi a vencedora da licitação, a empresa deve terceirizar o serviço para a VIA OESTE, equipe que já realiza asfaltamento na cidade com recursos do estado. O administrador da TRIENGE afirmou que a população pode esperar um serviço de qualidade.

O secretario de obras Cléber Menezes justificou o atraso do inicio das obras pela burocracia impostas para a contratação de serviços com recursos públicos, mas de acordo com ele, o governo do estado assegura que a obra não vai parar, mesmo no inverno, e que a pavimentação poderá estará pronta antes dos 120 dias previstos no contrato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário