quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Polícia investiga assassinato de família nesta madrugada, em Altamira

Casal de empresários e o filho mais velho são mortos dentro de casa, em Altamira. (Foto: Reprodução/TV Liberal)Casal de empresários e o filho mais velho são
mortos dentro de casa, em Altamira.
(Foto: Reprodução/TV Liberal)
A Polícia Civil investiga um crime que está comovendo os moradores do município deAltamira, sudoeste bdo Pará. Um casal de empresários da cidade e um de seus três filhos foram assassinados, na madrugada desta quinta-feira (07), após terem a casa invadida por assaltantes.
As vítimas são Luís Alves Pereira, a esposa Irma Buchinger Alves, e o filho mais velho do casal-Ambrosio Buchinger Neto.  Os outros dois filhos Henrique Kiara Buchinger foram algemados e trancados no banheiro, mas conseguiram escapar e pediram ajuda. O casal tinha ums boutique de roupas que funcionava, no mesmo enderenço da  residência.

Durante a manhã desta quinta, os três corpos passaram por necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Altamira. O velório deve começar no início da tarde desta quinta-feira, na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no centro da cidade.
Investigações
A principal suspeita é que eles tenham morrido asfixiados. A polícia acredita, os suspeitos teriam invadido o prédio a procura de dinheiro e feito a família refém. De acordo com o Delegado Rodrigo Leão, superintendente da Polícia Civil na Região do Xingu, equipes estão em diligência procurando os criminosos desde a madrugada. “Estamos coletando imagens de circuito interno. Já vimos que entraram de quatro a cinco pessoas na casa e um carro, mas devida a falta de qualidade da imagem não conseguimos identificar nem as pessoas, nem a placa do veículo.

Ainda segundo o delegado, as informações sobre o caso não estão claras, “O que temos ainda são informações desencontradas, inclusive dos filhos que sobreviveram. Eles estão muito abalados e ouvimos eles informalmente. Mas nesta tarde devemos fazer as oitivas com eles”, completa.
Os suspeitos fugiram levando o carro da filha do casal, que sobreviveu, e abandonaram o veículo a 12 quilômetros de Altamira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário