Assaltantes mortos no confronto com a PM
Assaltantes mortos no confronto com a PM
A violência está incontrolável em nossa região, onde acidentes de trânsito com vítimas fatais, assaltos, assassinatos, seqüestros e outros crimes acontecem quase que diariamente.
Um fato lamentável e que chocou a população itaitubense aconteceu na manhã desta terça-feira (26). Cinco elementos que já haviam praticado diversos crimes no município de Itaituba, no oeste do Pará, como roubos e assaltos, foram mortos, por homens da Polícia Militar.
Empresa MAP continuará em Itaituba
Empresa MAP continuará em Itaituba
Diretores da empresa MAP Linhas Aéreas informaram ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) nesta segunda-feira, 25 de julho, que a empresa vai continuar a atuar em Itaituba, no sudoeste do Estado.
A possibilidade de interrupção dos serviços da empresa, a única em atuação no município, era motivo de preocupação para pacientes que dependem do transporte aéreo para realização de tratamentos médicos, como os doentes renais crônicos.
O crime aconteceu na manhã deste domingo, 24, por volta das 11hs0min, na Rua Hugo de Mendonça com a Travessa João Pessoa, centro de Itaituba, sudoeste do estado.

Segundo informações colhidas pela nossa reportagem; Manuel Messias Lopes da Conceição estava em sentado em um banco em cima de uma calçada na Hugo de Mendonça, quando dois homens chegaram em uma moto, e um deles se aproximou e efetuou um disparo na altura da cabeça da vitima, que morreu no mesmo local em que estava, não teve tempo nem de correr. O mesmo trajava bermuda, camiseta, usava sandália, boné e óculos escuros. Manuel que é do distrito de "Castelo dos Sonhos" estava preso no Centro de Recuperação de Itaituba cumprindo pena por tráfico de droga, mas foi beneficiado com o indulto de Santana. “Saiu só para morrer”.
Assalto ocorreu na Serra do Caracol, no KM 130, dia 19 de julho. Segundo a polícia, o alvo era a carga avaliada em R$ 50 mil.

Uma carreta que havia sido roubada em Trairão foi recuperada pela Polícia Civil no KM 150 da rodovia federal BR-163, no município de Belterra, no oeste do Pará na quinta-feira (21). O veículo foi encontrado abandonado sem as 51 toneladas de milho que transportava quando foi levado pelos criminosos. Segundo informações da empresa repassadas à polícia, a carga estava avaliada em R$ 50 mil.
Vítimas fatais de grave acikdente na TransamazônicaMais um grave acidente com vítimas fatais aconteceu na Rodovia Transamazônica, distante cerca de 55 Km de Novo Repartimento, no sentido Marabá. O acidente aconteceu por volta das 21:30 horas de quinta-feira, dia 21.
Segundo informações do NIOP de Marabá, uma caminhonete trafegava pela Rodovia com quatro pessoas, em certo momento, o motorista se descuidou e o veículo caiu em uma ponte (conhecida como ponte do rio Bacuri), sendo que haviam policiais no veículo, onde um deles foi a óbito.
A Polícia foi acionada e constatou que se tratava de um veículo do Ibama que se deslocava de Altamira para Marabá, em uma missão do referido Órgão federal.

No prazo que vai do dia 20 deste mês até 5 de agosto, os partidos e coligações poderão realizar as conveções para escolha de candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador. O dia 15 de agosto é a data limite para que os partidos registrem os seus candidatos nos cartórios eleitorais. O prazo se encerra às 19h. Essas e outras alterações de prazos do processo eleitoral vigente foram apresentadas ontem, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará. A ocasião também serviu para a divulgação da redução do tempo da campanha eleitoral, de 90 para 45 dias, começando em 16 de agosto. O período de propaganda dos candidatos no rádio e na TV também foi diminuído de 45 para 35 dias, com início em 26 de agosto, para o primeiro turno.
Em documentos, MPF ressalta que indígenas devem ter respeitadas as concepções de mundo e cultura, assim como preservadas as práticas de saúde e medicina tradicionais. (Foto: Glauce Monteiro/G1 Pará)
O Ministério Público Federal (MPF) enviou às autoridades de saúde e às Prefeituras de Itaituba eJacareacanga, no sudoeste do Pará, três recomendações para melhorias no atendimento à saúde dos índios da tribo Munduruku. Uma das medidas tem como objetivo garantir o respeito às tradições culturais dos indígenas, permitindo que pajés tenham acesso liberado aos pacientes da tribo que estejam internados.
O Sistema de Alerta do Desmatamento do Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), cujo boletim será divulgado hoje, apontou um aumento de 51% no desmatamento no Estado de agosto de 2015 a junho de 2016 – 966 km², se comparado ao índice registrado no mesmo período anterior – de 492 km². O aumento dos índices do desflorestamento motivou uma reunião, ontem, entre os secretários de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Luiz Fernandes, e do Programa Municípios Verdes (PMV), Justiniano Netto, que discutiram novas estratégias para conter o desmatamento no Pará. “Recebemos os alertas do Imazon mensalmente, até com antecedência.

De acordo com o coordenador do PROCON, a meia entrada para estudantes é garantida em todo País, através da lei 12.933 de 2013. Segundo Moises Aguiar, o órgão defesa do consumidor já emitiu uma notificação aos donos de estabelecimentos para busquem informações e procurem cumprir o que determina a lei federal.
Segundo o coordenador do PROCON, Pagamento apenas uma taxa no valor de 35 reais os estudantes poderão retirar a carteira nacional do estudante através da internet.

Dr. José Antunes 
Ao proferir palestra dentro da programação alusiva ao dia do garimpeiro, sábado, dia 16, no Parque de Exposições Hélio da Mota Gueiros, o advogado especialista em mineração José Antunes, após reiterar aos presentes todas as leis criadas no Brasil desde 1957 que estabeleceu o Código de Mineração sancionado pelo então presidente Juscelino Kubitschek, foi enfático em dizer que o problema da garimpagem no Tapajós não é falta de leis, mas sim o não cumprimento das que já existem.
Numa palestra altamente técnica, mas reflexiva do ponto de vista econômico social, o advogado que é secretário da Simioespa e vice-presidente da Amot, lembrou que a Reserva Garimpeira do Tapajós criada em 25 de julho de 1983, tem uma área aproximada de 28 mil quilômetros quadrados.

Na tarde de ontem (20) Itaituba registrou mais um homicídio. A vítima, José Cleison Lopes da Silva (à esquerda), 24, ainda foi encaminhada para a emergência do Hospital Municipal, porém não resistiu ao ferimento sofrido na barriga por uma facada. O acusado, Adonias Mendes de Souza, 56, foi preso pela PM e teve a prisão em flagrante transformada em prisão preventiva pela justiça de Itaituba e será transferido para o presídio local para aguardar o julgamento. Fato a se observar nesse caso é o motivo fútil.


Na madrugada de hoje (17) a PM prendeu Osvaldo Rodrigues Costa, 54, que é suspeito de assassinar uma mulher, Dilce dos Santos Cardoso, 36, com quem teria uma caso amoroso, na 18ª rua do bairro Bom Remédio. Ele contou à polícia que a mulher teria tentado agredi-lo, provocando a reação que terminou com o final trágico da morte dela, que levou uma furada no pescoço. Dilce foi levada para o HMI, porém não resistiu, morrendo ao dar entrada na emergência.

Os candidatos que pretendem disputar as eleições de outubro devem ficar atentos as datas que estão no calendário estabelecido pela Justiça Eleitoral. Nestas eleições, serão aplicadas as mudanças estabelecidas pela Reforma Eleitoral (Lei 13.165/2015), aprovada no ano passado pelo Congresso.

Com a nova norma, houve mudanças nos prazos, como aumento do período para apresentação dos registros de candidaturas, diminuição na duração da propaganda no rádio e na televisão e a proibição de doações de empresas privadas para as campanhas políticas. A partir de agora, os partidos deverão se manter por meio de doações de pessoas físicas e de recursos do Fundo Partidário.

Publicado no Diário Oficial do Pará desta terça-feira (12) o edital do concurso da Polícia Civil. A oferta total é de 650 vagas, sendo 150 destinadas ao cargo de delegado, 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 papiloscopista.
Para concorrer a função de delegado, é necessário apenas diploma de curso de nível superior completo de bacharel em Direito, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação.
Operação combate transporte ilegal de madeira no Pará
Operação combate transporte ilegal de madeira no Pará
Os estados do Pará, Maranhão, Sergipe e Piauí são alvos de uma operação da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público Federal na manhã desta terça-feira (12), que tem por objetivo desarticular um esquema de transporte ilegal de madeira em rodovias federais. Estão sendo cumpridos 55 mandados de prisão, condução coercitiva e de busca e apreensão, expedidos pela justiça federal de Paragominas, nordeste paraense. Os alvos são madeireiros, policiais rodoviários federais, fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda do Pará e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Dom Eliseu, além de transportadores de madeira. Esses servidores permitiam os transportes das madeiras de forma ilegal na BR-010, no posto de Dom Eliseu.

Dois homens foram presos pela Polícia Rodoviária Federal com 27 quilos de cocaína em um ônibus que ia de Santarém para Belém, na rodovia BR-163, a Santarém-Cuiabá. A droga foi encontrada com a dupla na manhã desta segunda-feira (11) durante uma fiscalização de rotina no quilômetro 960 da rodovia.
A carga foi encontrada com Leandro de Almeida, 31 anos, e Sandenildo Vieira da Cruz, 42 anos. Os dois portavam duas malas idênticas e foram identificados como os proprietários das bagagens. Os suspeitos informaram que transportavam a carga desde Manaus, o destino final era a cidade paraense de Tucuruí.
Por Jota Parente- A partir desta edição, até chegarem as eleições, o Jornal do Comércio abre espaço para os pré-candidatos majoritários e proporcionais de Itaituba, para que eles possam expor suas propostas e ideias, contribuindo para que o eleitor possa conhecer os que propõem serem seus representantes. Abre essa seção, o jornalista Diego Mota, que foi candidato na eleição de 2012, tendo obtido boa votação.
JC - Por que você quer ser vereador?
Diego - Vejo que a população é carente de pessoas comprometidas com os mais necessitados; de políticos que respeitem o próximo e que saibam dar valor à confiança dos mais humildes. Compreendo que a política deve ser tratada de maneira séria e que valores como a moral e a ética não podem ser desprezados por interesses escusos e pessoais.
Meu interesse ao ingressar na carreira política, como postulante a uma cadeira de vereador, é contribuir para a melhoria da cidade que escolhi para morar, município este que me acolheu de braços abertos e me deu oportunidade de construir uma família, uma carreira e um nome de respeito. Tenho um histórico em defesa de nossa cidade, seja como profissional, militante de entidades ou como cidadão, e quero uma Itaituba melhor para todos nós. Vejo a política como um instrumento de conquistas para o nosso povo. Por esse motivo estou colocando meu nome novamente à disposição do eleitorado Itaitubense.  
JC - Como você avalia sua primeira experiência como candidato a vereador?
Diego - Marinheiros de primeira viagem tropeçam em muitas questões e no meu caso não foi diferente.  Houve falhas de estratégia, planejamento e organização. A equipe era reduzida e os recursos escassos. Porém, fizemos uma campanha humilde e pé no chão, e mesmo assim alcançamos 510 votos.
Nesta sesta feira (8) por volta das 21h30 foi preso na entrada do residencial Viva Itaituba Wellington Pereira de Araújo, 22. Com ele foi apreendida uma pistola 380, Taurus, com 6 munições. Wellington, que era irmão de Hudson, também ladrão, que morreu num confronto com a PM, é suspeito de ter cometido assaltos nesta noite, inclusive, a sua prisão se deu durante ronda da guarnição dos sargentos Ezaquiel, Mirlandi e cabo Eronias que procuravam dois suspeitos de prática de assalto no bairro conhecido como REICON. Foi apreendido também com ele um celular que seria produto desse assalto. Na abordagem um dos suspeitos, que estaria na moto, que também foi apreendida, conseguiu fugir.
Quadrilha de desmatamento ilegal e grilagem de terras no Pará foi desbarata
Quadrilha de desmatamento ilegal e grilagem de terras no Pará foi desbarata
O pecuarista Antonio José Junqueira Vilela Filho, conhecido como AJ Vilela, se entregou na sexta-feira à Polícia Federal em São Paulo. Ele era o alvo principal da operação Rios Voadores, deflagrada pelo Ministério Publico Federal, PF, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Receita Federal. AJ é apontado como chefe de um esquema de desmatamento ilegal e grilagem de terras no interior do estado do Pará.
Deputado Wladimir Costa (Solidariedade/PA) discursa durante sessão de discussão do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no plenário da Câmara, em Brasília (Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados)
O deputado federal Wladimir Costa (SD-PA) teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), em julgamento realizado nesta sexta-feira (8), na Plenária do tribunal, em Belém. A Corte julgou a arrecadação e gastos ilícitos na campanha eleitoral do deputado, que ainda pode recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O G1 tenta contato com a assessoria do partido Solidariedade e com Wladimir Costa.

Prefeita Eliene Nunes e secretário de Obras do Estado, Kleber Menezes, quando assinavam convênio da Obra
Prefeita Eliene Nunes e secretário de Obras do Estado, Kleber Menezes, quando assinavam convênio da Obra
No município de Itaituba, no oeste do Pará, tudo que é anormal transparece normal pela falta de transparência de como ocorrem. Ano passado a prefeita Eliene Nunes participou de uma solenidade política festiva com a presença do Governador em exercício e Lideranças Mundurucu, quando em meio a flash e discursos de entusiasmos foi anunciado finalmente o asfaltamento da Estrada do Bis.  Foi assinado o convênio entre o Estado e a empresa Via Oeste.
O diretor da empresa, o Governador e a Prefeita anunciaram o início das obras que no papel era uma coisa, mas na prática está sendo outra. A obra foi iniciada, mas logo parou. A explicação dada pelo secretário de Obras Kleber Menezes, é que o Estado estava devendo a empresa licitada, mas que a empresa já deverá ser paga para que reinicie os trabalhos

Erguer uma grande hidrelétrica em ecossistemas sensíveis como a Amazônia, como quer o governo brasileiro no Rio Tapajós, teria impactos irreversíveis do ponto de vista econômico e social. A obra também seria um desastre sem proporções para a biodiversidade local. Ao alterar a dinâmica do rio e de suas espécies, podemos colocar em risco não apenas a existência de milhares de animais e plantas, mas também nosso próprio futuro.

Mas mesmo com este conhecimento, o governo e empresas continuam a insistir no projeto. Por isso, ativistas do Greenpeace do mundo todo estão pressionando a Siemens, uma das principais fornecedoras de turbinas do mercado, para que a empresa não participe deste projeto desastroso.

O efetivo da segurança pública no Pará ganhará o reforço de mais de três mil novos profissionais com a realização do concurso da Polícia Civil, cujo edital, que está em fase final de análise jurídica pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), será lançado no próximo dia 12 de julho. Por meio do certame serão ofertadas 650 vagas, sendo 150 para delegado, 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 para papiloscopista. 

Na manhã de ontem (6) o distrito de Miritituba ficou chocado com um crime brutal praticado a golpes de arma branca. O corpo foi encontrado por volta das 9 horas no bairro do DNER, próximo a bica, dentro de um matagal. O crime deve ter ocorrido na madrugada. A suspeita é que o crime tenha sido cometido por mais de uma pessoa, incluído Raulison paigô mundurucu, que já esteve no presídio acusado de crime semelhante e por prática de roubo e foi preso nesta manhã pelo policiamento da PM em Miritituba.
Dinheiro recebido da venda ilegal de ouro
Dinheiro recebido da venda ilegal de ouro
A Polícia Federal no Pará realiza uma operação na manhã desta quinta-feira (7), no município de Ourilândia do Norte, sudeste paraense, para desarticular uma quadrilha acusada de comercialização ilegal de ouro extraído da terra indígena dos Kayapó.
Estão sendo cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, 14 mandados de busca e apreensão e três mandados de condução coercitiva, todos expedidos pela Justiça Federal de Redenção. Além de Ourilância, a operação também concentra ações na cidade de Porto Nacional, no Tocantins, e em São José do Rio Preto, em São Paulo.
O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) expediram recomendação conjunta aos órgãos públicos responsáveis pela exploração minerária para que adotem medidas coordenadas para desencadear incursão educativa com o fim de legalização das atividades na bacia do Tapajós nas áreas em que a exploração é admitida. Recomendam ainda que deixem de conceder permissões de lavra garimpeira e autorizações ou licenças em áreas reconhecidamente indígenas e de unidade de conservação de proteção integral, como as reservas biológicas, parques nacionais, entre outros.
Lucas é suspeito de ter matado o sargento João Luiz, em Novo Progresso
Lucas é suspeito de ter matado o sargento João Luiz, em Novo Progresso
Um homem suspeito de assassinar o sargento PM, João Luiz Maria Pereira, 45 anos, em junho deste ano, foi morto na manhã desta terça-feira, 05 de junho, no Garimpo do Vietnã, no Município de Novo Progresso, sudoeste do Pará, durante confronto com homens do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Itaituba.
Segundo o cabo PM, Márcio, do 15º BPM de Itaituba, o homem identificado por Lucas Oliveira, foragido da Justiça de Novo Progresso, entrou em confronto com os policiais militares que estão na região e foi morto. O corpo de Lucas está sendo conduzido pra Novo Progresso.
A Polícia Militar informou que reforçou a segurança no município de Novo Progresso, após a morte do sargento do Grupo Tático Operacional (GTO) de Itaituba, João Luiz, durante uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na área da Flona Jamanxim, uma das zonas mais conflituosas da região, na dia 17 de junho último.
Foto: Ascom/PMI
Por J Parente- 1º de julho de 2016 entra para a história de Itaituba como o dia em foi devolvido para o povo do município o prédio revitalizado da antiga prefeitura, onde funcionou o governo municipal por várias décadas.
            Agora denominado Paço Municipal Altamiro Raimundo da Silva, o prefeito que por mais anos ocupou o cargo, dezessete ao todo, o prédio ficou muito bonito, enchendo de orgulho a atual gestão comandada pela prefeita Eliene Nunes, como toda a comunidade.

7bdf9c18-3c96-4dd5-849f-3bd060392d86No início da noite desta quarta-feira, 29 de junho, um ato bárbaro de violência vitimou um bebê de apenas 6 meses de idade na cidade de Uruará. O próprio pai da criança acabou esfaqueando o bebê na barriga após chegar em casa aparentemente embriagado quando iniciou uma briga com a mãe da criança e em seguida pegou uma faca e tentou golpear a mãe e acabou atingindo o bebê que estava no colo da mulher.

A Polícia Militar foi acionada, mas o autor da barbaridade, Breno Coutinho da Silva, acabou fugindo e não foi encontrado no local.
A Polícia Federal, o Ministério Público Federal, a Receita Federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deflagraram na manhã desta quinta-feira, 30, no distrito de Castelo dos Sonhos-Altamira e de Novo Progresso, no Pará, em São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a Operação Rios Voadores. A ação tem por objetivo a desarticulação de um grupo que teria praticado desmatamento ilegal e grilagem de terras públicas federais no Estado do Pará, ‘com o fim de desenvolvimento de atividade econômica agropecuária, após arredamento das terras usurpadas’. As informações são do Jornal O Estadão.
Foram expedidos pela Justiça Federal de Altamira 51 medidas judiciais restritivas de direito, sendo 24 prisões preventivas, 9 conduções coercitivas – quando o investigado é obrigado a comparecer para prestar informações – e 18 mandados de busca e apreensão em empresas e residências. Participam da operação aproximadamente 95 policiais federais, além de auditores da Receita e analistas do Ibama.


Peninha sai em defesa dos garimpeiros amea+ºados
Peninha sai em defesa dos garimpeiros ameaçados
Usando da força da ameaça, a empresa mineradora Brazauro está transformando a vida dos moradores do garimpo Tocantins em pesadelo. Desde que a empresa se instalou na localidade Tocantinszinho, em Itaituba, os mais de 300 garimpeiros instalados na região há mais de 20 anos vivem dias de inferno. A denúncia de força bruta foi feita por moradores tradicionais da região que estão se sentindo ameaçados pela empresa, ao vereador Peninha, que prometeu ainda durante o mês de julho, apesar do recesso parlamentar, fazer uma reunião entre os garimpeiros, o DNPM e os representantes da Mineradora Brazauro.