terça-feira, 12 de julho de 2016

Lançado edital com 650 vagas na Polícia Civil


Publicado no Diário Oficial do Pará desta terça-feira (12) o edital do concurso da Polícia Civil. A oferta total é de 650 vagas, sendo 150 destinadas ao cargo de delegado, 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 papiloscopista.
Para concorrer a função de delegado, é necessário apenas diploma de curso de nível superior completo de bacharel em Direito, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação.

Já os demais, nível superior em qualquer área de formação é aceito. A remuneração inicial do cargo de delegado é de R$ 12.250 e dos postos de investigador, escrivão e papiloscopista, R$ 5.204,05.
A carga de trabalho é integral, com exclusiva dedicação às atividades do cargo, com jornada semanal de quarenta e quatro horas, respeitadas as peculiaridades do cargo, podendo ser convocado a qualquer tempo, a critério da Administração da Polícia Civil-PA.
As inscrições abrem já nesta sexta-feira (15) e seguem até 23h59 do dia 21 de agosto, no site da organizadora, a Fundação Professor Carlos Augusto Bitencourt (Funcab). A taxa é de R$ 140 (delegado) ou R$ 110 (demais). O boleto deverá ser pago até o dia 22 de agosto, em toda a rede bancária.
Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório; prova de capacitação física, de caráter eliminatório; exame médico, de caráter eliminatório; exame psicológico, de caráter eliminatório;  e investigação criminal e social, de caráter eliminatório, sob a responsabilidade da Polícia Civil do Pará.
A objetiva está prevista para o dia 11 de setembro, no turno matutino, para as carreiras de investigador, escrivão e papiloscopista e 25 do mesmo mês para delegado, nos Municípios de Belém, nos Municípios  de Belém, Marabá, Altamira e Santarém. Candidatos ao posto de delegado terão ainda que elaborar uma peça processual, de caráter eliminatório e classificatório.
As disciplinas para que comporão a objetiva de delegado são as de Língua Portuguesa (5 questões), Direito Administrativo (10), Direito Ambiental (5), Direito Civil/Empresarial (10), Direito Constitucional (10), Direitos Humanos (5), Direito Penal (10), Direito Processual Penal (10), Medicina Legal (5) e Legislação Especial (10). Total de 80 itens de múltipla escolha. Na discursiva, o candidato deverá elaborar 01 (uma) Peça Processual de Representação.
Já para as carreiras de Investigador de Polícia Civil e Escrivão terão a objetiva compostas por questões de Língua Portuguesa (10), Noções de Informática (5), Raciocínio Lógico (5), Noções de Direito Administrativo (10), Noções de Direito Constitucional (10), Noções de Direito Penal (10), Noções de Direito Processual Penal (10), Legislação Especial (10) e Noções de Medicina Legal (10), num total de 80 questões. A prova de papiloscopista versará ainda sobre Noções de Identificação, Noções Básicas de Química e Noções de Medicina Legal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário