quinta-feira, 7 de julho de 2016

PM mata suspeito de assassinar Sgt do tático

Lucas é suspeito de ter matado o sargento João Luiz, em Novo Progresso
Lucas é suspeito de ter matado o sargento João Luiz, em Novo Progresso
Um homem suspeito de assassinar o sargento PM, João Luiz Maria Pereira, 45 anos, em junho deste ano, foi morto na manhã desta terça-feira, 05 de junho, no Garimpo do Vietnã, no Município de Novo Progresso, sudoeste do Pará, durante confronto com homens do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Itaituba.
Segundo o cabo PM, Márcio, do 15º BPM de Itaituba, o homem identificado por Lucas Oliveira, foragido da Justiça de Novo Progresso, entrou em confronto com os policiais militares que estão na região e foi morto. O corpo de Lucas está sendo conduzido pra Novo Progresso.
A Polícia Militar informou que reforçou a segurança no município de Novo Progresso, após a morte do sargento do Grupo Tático Operacional (GTO) de Itaituba, João Luiz, durante uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na área da Flona Jamanxim, uma das zonas mais conflituosas da região, na dia 17 de junho último.
Corpo de Lucas Oliveira está sendo levado para Novo Progresso
Corpo de Lucas Oliveira está sendo levado para Novo Progresso
O corpo do sargento do Grupo Tático Operacional foi sepultado em Santarém, onde reside seus familiares. Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte de João Luiz e informou que prestou acompanhamento psicossocial aos familiares, e que medidas estaduais e federais foram adotadas para garantir a prisão do criminoso.
A Polícia Civil investiga o caso e, de acordo com alguns depoimentos já prestados, o sargento João Luiz e outros dois PMs acompanhavam quatro agentes do Ibama em uma operação de combate ao desmatamento a cerca de 100 km de Novo Progresso, na área da Flona Jamanxim. Durante a operação, os agentes do Ibama incendiaram um acampamento de madeireiros. No caminho de volta, os agentes ficaram presos em um atoleiro e ao retornarem, surpreenderam um homem no local. O sargento ainda deu voz de prisão ao suspeito, que fugiu, então ele correu atrás do homem, mas durante a perseguição, foi atingido por dois tiros. O policial ainda conseguiu voltar e pedir ajuda, porém, morreu a caminho da cidade.
Por: Manoel Cardoso
Fonte: RG 15/O Impacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário