Hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira
Hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira
Operários trabalham nas armações de ferro no canteiro de obras do sítio Belo Monte, onde está sendo construida a casa de força principal da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu
A Justiça suspendeu uma liminar que impedia o início da operação da hidrelétrica de Belo Monte, que está sendo construída no Pará, informou o Ministério de Minas e Energia nesta quarta-feira (27), por meio do Twitter. A pasta disse que a decisão foi tomada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região.
A hidrelétrica de Belo Monte é construída pela Norte Energia, que tem como sócios Eletrobras, Cemig, Light, Vale e Neoenenergia, entre outros.

Com mensagem gigante, Greenpeace e índios Munduruku protestam contra a construção do Complexo Hidrelétrico do Tapajós, no oeste do Pará (Foto: Marizilda Cruppe/Greenpeace)
Com mensagem gigante, Greenpeace e índios
Munduruku protestam contra a construção do
Complexo Hidrelétrico do Tapajós, no oeste do Pará
{(Foto: Marizilda Cruppe/Greenpeace)
Diversos especialistas vão participar da audiência pública promovida pelo Ministério Público Federal do Pará (MPF), para discutir sobre irregularidades e possíveis impactos da hidrelétrica de São Luiz do Tapajós. O evento ocorrerá na sexta-feira (29) em Santarém, no oeste do Pará.

O órgão convidou especialistas que realizaram estudos como aquecimento global, e inclusão das hidrelétricas na região oeste do Pará, dentre outros.
Diretores do SINDSAUDE, integrantes do colegiado do conselho municipal de saúde realizaram uma visita ao canteiro de obras do hospital regional do tapajós e demonstraram preocupação com a redução de trabalhadores na obra.
O hospital regional do tapajós é uma promessa campanha do atual governador do primeiro mandato, mas, a obra só caminhou efetivamente na campanha seguinte de reeleição em 2014. Naquele ano um relatório anual divulgou que cerca de 30% da construção estava concluída. De lá pra cá, o governo do estado tem mantido o projeto em andamento constante. No entanto, a previsão de inauguração do hospital regional do tapajós que estava marcada para 2015 foi remarcada para 2016.  Membros do SINDSAUDE estão preocupados com o calendário da obra e realizaram uma inspeção no canteiro. Segundo a conselheira estadual Ana Maria, a maior preocupação é com o número de trabalhadores que diminuiu.


Na tarde desta terça feira, 26 de Janeiro de 2016, por volta das 13hs agricultores do município de Itaituba no sudoeste do estado interditaram a estrada de Barreiras, alem de barreiras a estrada dá acesso a diversas comunidades.

A interdição se deu devido à demora na execução do Programa Luz Para Todos do Governo Federal há varias comunidades da região. Em 2015 as comunidades receberam a licença para a execução dos trabalhos, porem ate hoje não foram iniciados.
Um jovem de 19 anos foi preso na tarde desta terça-feira (26) em Altamira, no sudoeste do Pará, suspeito de envolvimento na morte do casal de empresários Luís Alves Pereira e Irma Buchinger Alves, e do filho mais velho Ambrosio Buchinger Neto, na madrugada do dia 6 de janeiro. De acordo com a Polícia Civil, Renato Silva teve mandado de prisão temporária decretado pela Justiça e foi o sétimo preso suspeito de envolvimento no caso.
PrisãoNesta terça foi realizada uma audiência pública em Altamira, com a presença da Secretaria de Segurança Pública para tratar do caso. Durante a audiência, o delegado Rilmar Firmino falou sobre o depoimento de Henrique Buchinger, filho e irmão das vítimas, que é apontado como o mandante do crime e teria assistido a morte dos pais.