O ACIDENTE ACONTECEU POR VOLTA DAS 4 DA TARDE DESTE SABADO. O MOTORISTA DO VEICULO GOL, COR VERMELHO, ACABOU PERDENDO O CONTROLE DA DIREÇÃO E ATINGIU VIOLENTAMENTE ARVORES QUE ESTAVAM A MARGEM DA ESTRADA. NA COLISÃO O MOTORISTA TEVE FRATURAS NAS PERNAS E MULHER QUE ESTAVA NO BANCO DO CARONA ACABOU NÃO RESISTINDO E FALECEU ANTES DA CHEGADA DO SOCORRO.

A vitima foi identificado como Josenildo Pinheiro da Conceição Filho, 32 anos. Ele foi morto na comunidade garimpeira Penedo, local onde trabalhava na função de garimpeiro. O crime ocorreu durante uma discussão entre dois homens em um bar da localidade. A policia militar comunicou o homicídio a delegacia de policia civil, onde as investigações já começaram.


De a acordo com a policia, depois de matar e praticamente degolar a vitima, o autor do crime fugiu e esta sendo procurado pelas autoridades. Uma equipe da polícia civil diligenciou até o garimpo para realizar os procedimentos policias. O IML conduziu o corpo da vítima até Itaituba.  

Jonas Benício de Almeida, de 27 anos
Um homem (Matogrossense) de 29 anos foi morto com oito tiros dentro de um bar no bairro Jardim Santarém em Novo Progresso. O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (10) em um Bar (Fundos Bar), no bairro Jardim Santarém. Conforme consta no BO (boletim Ocorrência), na policia Civil um homem entrou no bar com uma arma na mão e atirou o rapaz que estava sentado. Relatos da proprietária do estabelecimento passados à polícia dão conta de que um homem moreno, alto, cabelos baixos entrou e disparou os tiros e seguiu rumo ignorado, e crime não foi reconhecido por ele. O Corpo foi identificado co de Jonas Benício de Almeida, de 27 anos morador da cidade de Colider no estado do Mato Grosso.
O Estado do Pará tem 310 nomes na lista com 6.738 gestores públicos que tiveram contas consideradas irregulares em processos de fiscalização na aplicação de recursos públicos federais, disponibilizada ontem pelo Tribunal de Contas da União (TCU) à Justiça Federal. A partir dessa lista, os tribunais eleitorais poderão rejeitar as candidaturas daqueles que pretendem concorrer nas eleições municipais deste ano, conforme prevê a Lei da Ficha Limpa. Os nomes se referem a julgamentos concluídos nos últimos oito anos. A relação completa está disponível no site do TCU (www.tse.jus.br).