Itaerço, preso acusado de ser um dos
assaltante que fizeram reféns
Por volta das 08:45 foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e cárcere privado Itaerço Goltard Bezerra, que mora na 6ª Rua, bairro da Floresta.

Ele é acusado de ter participado de um grupo de meliantes que fez reféns, o empresário Eraldo Batista da Silva, Ana Ekizabeth Costa Sombra e uma funcionária (Spaço Móveis), em uma chácara localizada na comunidade Curral Redondo.

Foram três elementos, que amarraram o casal, chegando a conduzir Hiraldo até a cidade. como o empresário disse que não sabia abrir o portão, eles voltaram até a chácara para buscar a esposa dele, que sabia abrir.
A Polícia Militar do Pará abriu inquérito para investigar o assassinato do 1º sargento João Luiz de Maria Pereira, de 45 anos, do Grupamento Tático Operacional do Comando de Policiamento Regional 10, ocorrido na última sexta-feira (17). O policial foi atingido por dois tiros quando perseguia um suspeito de desmatamento ilegal na zona rural de Novo Progresso, sudoeste paraense.
O militar integrava a Corporação desde 1992 e atualmente comandava uma das equipes do Grupamento Tático Operacional do Comando de Policiamento Regional 10.
Eraldo Batista da Silva e sua esposa foram sequestrados por três bandidos
Eraldo Batista da Silva e sua esposa foram sequestrados por três bandidos
O empresário Eraldo Batista da Silva, proprietário da loja Espaço Móveis, localizada na Rua 13 de maio, em Itaituba, quando estava em sua chácara, juntamente com a família, onde foram passar o final de semana, recebeu no domingo (19), por volta das 6 da manhã, a inesperada ‘visita’ de três homens, que amarraram sua esposa Ana Ekizabeth Costa Sombra e o colocaram no carro, rumando para a casa do empresário na cidade.
Veiculo do empresário usado pelos sequestradores
Veiculo do empresário usado pelos sequestradores
Mas ao chegar na cidade, o empresário disse que não sabia abrir o portão de sua casa. Por causa disso, os bandidos voltaram para a chácara e, já com a esposa também no carro, rumaram novamente para a cidade, para que a mesma abrisse a casa. Aproveitando um descuido dos bandidos, Eraldo viu a vizinha e jogou uma pedra na janela dela sem os bandidos verem e fez um sinal para a vizinha, que entendeu o pedido de socorro e avisou seu marido, que comunicou à Polícia o pedido de socorro de Eraldo.
O corpo do sargento do Grupamento Tático Operacional (GTO), João Luiz Pereira, de 45 anos, morto em uma operação do Ibama na cidade de Novo Progresso, no sudoeste do Pará será sepultado em Santarém, oeste do estado. De acordo com informações repassadas ao G1, o corpo do sargento começou a ser velado no 15° Batalhão de Polícia Militar (15º-BPM) em Itaituba, de onde foi transladado em um avião do Governo do Estado.
Maestro Wilson Fonseca por volta de 18h deste sábado (18). O corpo do sargento deixou o aeroporto e seguiu em cortejo pelas ruas de Santarém. Em frente ao 3º BMP, houve homenagens de amigos e colegas. O velório deve continuar na igreja Assembleia de Deus, no bairro Alvorada. O sepultamento está previsto para as 16h de domingo (19) no cemitério da comunidade Mararu.
sargentoluiz - Cópia
Sgt. João Luiz era considerado um dos melhores profissionais de Itaituba.
João Luiz Maria Pereira, Sargento PM do 15º Batalhão de Polícia Militar de Itaituba, integrante do Grupo Tático Operacional (GTO) foi morto na sexta-feira (17), por volta de 17h30. Segundo informações, o profissional da segurança pública morreu em uma emboscada que teria sido armada por alguns madeireiros do município de Novo Progresso.
De acordo com informações apuradas pela nossa equipe de reportagem, Sgt. João Luiz estava participando de uma missão que era acompanhar e dar segurança aos agentes do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA), que estão na região realizando fiscalização junto as madeireiras. O clima está muito tenso no município de Novo Progresso.