Foto: Ascom/PMI
Por J Parente- 1º de julho de 2016 entra para a história de Itaituba como o dia em foi devolvido para o povo do município o prédio revitalizado da antiga prefeitura, onde funcionou o governo municipal por várias décadas.
            Agora denominado Paço Municipal Altamiro Raimundo da Silva, o prefeito que por mais anos ocupou o cargo, dezessete ao todo, o prédio ficou muito bonito, enchendo de orgulho a atual gestão comandada pela prefeita Eliene Nunes, como toda a comunidade.

7bdf9c18-3c96-4dd5-849f-3bd060392d86No início da noite desta quarta-feira, 29 de junho, um ato bárbaro de violência vitimou um bebê de apenas 6 meses de idade na cidade de Uruará. O próprio pai da criança acabou esfaqueando o bebê na barriga após chegar em casa aparentemente embriagado quando iniciou uma briga com a mãe da criança e em seguida pegou uma faca e tentou golpear a mãe e acabou atingindo o bebê que estava no colo da mulher.

A Polícia Militar foi acionada, mas o autor da barbaridade, Breno Coutinho da Silva, acabou fugindo e não foi encontrado no local.
A Polícia Federal, o Ministério Público Federal, a Receita Federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deflagraram na manhã desta quinta-feira, 30, no distrito de Castelo dos Sonhos-Altamira e de Novo Progresso, no Pará, em São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a Operação Rios Voadores. A ação tem por objetivo a desarticulação de um grupo que teria praticado desmatamento ilegal e grilagem de terras públicas federais no Estado do Pará, ‘com o fim de desenvolvimento de atividade econômica agropecuária, após arredamento das terras usurpadas’. As informações são do Jornal O Estadão.
Foram expedidos pela Justiça Federal de Altamira 51 medidas judiciais restritivas de direito, sendo 24 prisões preventivas, 9 conduções coercitivas – quando o investigado é obrigado a comparecer para prestar informações – e 18 mandados de busca e apreensão em empresas e residências. Participam da operação aproximadamente 95 policiais federais, além de auditores da Receita e analistas do Ibama.


Peninha sai em defesa dos garimpeiros amea+ºados
Peninha sai em defesa dos garimpeiros ameaçados
Usando da força da ameaça, a empresa mineradora Brazauro está transformando a vida dos moradores do garimpo Tocantins em pesadelo. Desde que a empresa se instalou na localidade Tocantinszinho, em Itaituba, os mais de 300 garimpeiros instalados na região há mais de 20 anos vivem dias de inferno. A denúncia de força bruta foi feita por moradores tradicionais da região que estão se sentindo ameaçados pela empresa, ao vereador Peninha, que prometeu ainda durante o mês de julho, apesar do recesso parlamentar, fazer uma reunião entre os garimpeiros, o DNPM e os representantes da Mineradora Brazauro.